Diário no Sul

Idosos acima de 60 anos voltam a utilizar cartão-isento no transporte coletivo de Cascavel (PR)

Foto: prefeitura de Cascavel

Transitar está liberando Cartão-estudante para as instituições de ensino que retornarem as aulas presenciais

ALEXANDRE PELEGI

A portaria da Autarquia Municipal de Mobilidade, Trânsito e Cidadania (Transitar), que prorrogava a suspensão da utilização do cartão-isento por idosos de 60 a 64e anos no transporte coletivo em Cascavel, Paraná, finalizou sua vigência na noite deste domingo (09).

Desta forma, desde essa segunda-feira, 10 de maio de 2021, os idosos acima de 60 anos voltaram a utilizar o cartão-isento nos ônibus municipais.

De acordo com a Transitar, a medida teve como propósito o enfrentamento ao coronavírus e com a suspensão da vacinação da primeira dose a autarquia achou por bem suspender a gratuidade.

O transporte coletivo segue circulando com restrição da capacidade de passageiros em 50%.

Os horários permanecem inalterados e vale para todos idosos que possuem o benefício da gratuidade: o cartão pode ser utilizado das 09h às 16h e a partir das 20h, de segunda a sexta; aos sábados a partir das 9h00 e; aos domingos sem restrições de horários.

O transporte coletivo continua com a operação das 6h00 às 23h00 de segunda a sexta, aos sábados, domingos e feriados com tabelas especiais, com encerramento às 20h.

ESTUDANTES

Já o benefício de meia passagem para os estudantes das redes pública e privada de Cascavel continua suspenso.

No entanto, conforme as unidades escolares voltam às atividades presenciais, elas precisam protocolar ofício junto à Transitar. Com essa informação, é feito o desbloqueio da restrição e os alunos podem voltar a utilizar seus cartões e benefício.

A gerente de Transporte da Transitar, Larissa Boeing, ressalta que podem acontecer casos isolados e pontuais, de cartões que continuarão bloqueados, mas por alguma pendência cadastral, “porque de forma geral, estão liberados  os cartões de idosos e estudantes das escolas que já voltaram”, ela diz.

Desde essa segunda-feira (10) voltaram ao modelo presencial e híbrido vários colégios estaduais, que já devem estar com os cartões de seus alunos desbloqueados:

– Colégio São João

– Colégio Brasmadeira

– Colégio Mario Quintana

– Colégio Olivo Fracaro

– Colégio José Ângelo Baggio Orso

– Colégio Profª Júlia Wanderley

– Colégio Prof. Francisco Lima

– Colégio Jardim Clarito

– Colégio Jardim Consolata

– Colégio Jardim Santa Cruz

– Colégio Itagiba Fortunato

– Colégio Prof. Victório Emanuel Abrozino

– CEEP Pedro Boaretto Neto

– Colégio Olinda Truffa de Carvalho

– Colégio Santos Dumont

– Colégio Marilis Faria Pirotelli

– Colégio Padre Carmelo Perrone

– Colégio Cataratas

– Colégio Horácio Ribeiro dos Reis

A Transitar alerta para que, caso haja algum tipo de bloqueio, os alunos e idosos devem procurar a sede da ValeSim, localizada na Rua Duque de Caxias, 770 – Centro ou entrar em contato pelo telefone (45) 3036-3738 para verificar a razão do bloqueio no cartão, “normalmente, em razão de falta de atualização cadastral”.

Alexandre Pelegi, jornalista especializado em transportes

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Deixe uma resposta