ÁUDIO: São Paulo deve avançar de fase no plano de quarentena na próxima semana, diz Doria

Anúncio será feito na sexta-feira (07); Governador declarou estar “otimista”

ADAMO BAZANI/WILLIAN MOREIRA

Após mais de um mês e meio em fases mais restritivas, o Estado ou pelo menos parte dele poderá avançar no Plano São Paulo de combate à covid-19 e reabertura econômica.

Na tarde desta quarta-feira, 05 de maio de 2021, em entrevista coletiva, o governador de São Paulo, João Doria, disse que a decisão será anunciada na sexta-feira (07), e que está otimista para isso acontecer.

“Nesta sexta-feira agora depois de amanhã, nós apresentaremos a nova fase do Plano São Paulo que começa a valer a partir da segunda-feira da próxima semana. Eu devo dizer com base nas informações do Centro de Contingência que estamos otimistas com relação a evolução do processo. Evolução positiva do Plano São Paulo migrando talvez para uma fase menos restritiva, mas isto só teremos a confirmação de fato na sexta-feira com os dados que serão avaliados amanhã no final da tarde pelo Centro de Contingência do Covid-19, centro esse que tem a coordenação do Paulo Menezes e a coordenação executiva de João Gabbardo.” – disse Doria.

Ouça:

Apesar de ainda preocupantes, os índices relacionados à covid-19, como transmissão, internação e óbitos, estão retrocedendo; o que pode dar mais segurança para uma flexibilização maior que a atual fase de transição, posicionada entre a fase vermelha e a fase laranja.

O coordenador do Comitê de Contingência à covid-19, Paulo Menezes, disse que nesta quinta-feira (06) serão realizadas diversas reuniões que devem embasar a adoção de normas menos restritivas.

FASES MAIS DURAS COMEÇARAM EM 15 DE MARÇO DE 2021:

Em 15 de março de 2021, diante do momento mais crítico da pandemia, a gestão Doria colocou em vigor a fase emergencial, com regras mais duras ainda que da fase vermelha.

Inicialmente, a fase emergencial deveria ir até 30 de março, mas como os números da covid-19 não retrocederam, foi prorrogada até 11 de abril.

No dia 12 de abril de 2021, com uma pequena melhora nos índices, São Paulo entrou na fase vermelha, mas com algumas restrições a mais que a fase vermelha original.

No dia 18 de abril, entrou em vigor uma “fase de transição”, intermediária entre a fase vermelha e a fase laranja.

Houve mais liberações que a fase vermelha, mas ainda mais restrições que a laranja.

A fase de transição foi dividida em três etapas, sendo que na primeira semana foram abertos shoppings e comércios de rua das 11h às 19h e templos religiosos.

Na segunda etapa da fase de transição, passaram a abrir com restrições atividades culturais, salões de cabelereiro e barbearias, restaurantes, lanchonetes, entre outros estabelecimentos de se serviços, além dos parques públicos.

Em 28 de abril de 2021, o governador Doria anunciou a manutenção da fase de transição até o dia 09 de maio de 2021, mas com horário maior de funcionamento de comércios de rua, shoppings, restaurantes, lanchonetes, salões de cabelereiro, barbearias, entre outros, das 6h às 20h, ainda com 25% de ocupação dos estabelecimentos.

Adamo Bazani, jornalista especializado em transportes

Willian Moreira em colaboração especial para o Diário do Transporte

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Comentários

  1. Juarez Ferreira Dantas Dantas disse:

    Gostaria de saber quando o consulado holandês voltará a funcionar.

    1. Juliana A. disse:

      Eu também, Juarez!

Deixe uma resposta