São Bernardo do Campo (SP) fecha 29 estabelecimentos e dispersa 2 mil pessoas de aglomerações

Ações tem como objetivo o enfrentamento da covid-19. Foto: Ricardo Cassin / Prefeitura de São Bernardo do Campo.

Ações foram realizadas neste fim de semana, durante Operação Toque de Recolher

JESSICA MARQUES

A Prefeitura de São Bernardo do Campo, no ABC Paulista, fechou 29 estabelecimentos e dispersou cerca de 2 mil pessoas de aglomerações neste fim de semana.

O objetivo das ações é o enfrentamento à pandemia de covid-19. Ao todo, foram flagrados 14 pontos de aglomerações na cidade, incluindo quatro “pancadões”.

A ação comandada pela GCM resultou ainda no fechamento de 29 estabelecimentos e em uma apreensão de drogas com mais de 3.500 entorpecentes.

“Todos os flagrantes ocorreram durante a Operação Toque de Recolher, realizada diariamente no município. A fiscalização comandada pela GCM, com apoio de equipes da Vigilância Sanitária e da Secretaria de Obras e Planejamento Estratégico, contou com patrulhamento e rondas ostensivas em todo território da cidade, garantindo a dispersão de aglomerações em vias públicas e a orientação de veículos e pedestres”, detalhou a Prefeitura, em nota.

DESRESPEITO ÀS NORMAS

Entre sábado e domingo, 1º e 02 de maio de 2021, equipes da Guarda Civil Municipal fecharam 29 estabelecimentos por desrespeito às normas sanitárias e decretos municipais. Deste total, três comércios foram lacrados, incluindo uma espetaria no bairro Paulicéia, onde mais de 150 pessoas foram flagradas aglomeradas no entorno do estabelecimento.

Na madrugada de sexta (31), um bar localizado na Avenida Dr. Rudge Ramos também foi lacrado após a GCM flagrar festa irregular, onde 200 jovens estavam aglomerados, sem qualquer distanciamento social, máscara ou adoção de medidas de caráter preventivo para combater a disseminação do coronavírus.

Os demais estabelecimentos foram fechados sem resistência, segundo a Prefeitura, após equipes constatarem desrespeito aos decretos municipais vigentes. Os proprietários dos comércios foram orientados sobre as normas e, caso constatada reincidência do descumprimento das regras, serão autuados, com interdição do local.

“Enquanto milhares de pessoas lutam pela vida, nossa GCM seguirá atuando com tolerância zero às ocorrências de aglomerações, punindo aqueles que desrespeitam a vida do próximo. É lamentável ver que, mesmo diante do cenário difícil que enfrentamos atualmente, ainda temos que presenciar cenas inadmissíveis como essas de pessoas desrespeitando todas as normas sanitárias em meio à pandemia”, destacou o prefeito Orlando Morando, em nota.

APREENSÃO DE DROGAS

A Operação Toque de Recolher promoveu ainda, na madrugada de domingo, grande apreensão de drogas na região do Riacho Grande. Durante blitz realizada na entrada do bairro, na Rua Heinrich Nordhoff, mais de 3.500 porções de entorpecentes foram encontradas por agentes da corporação dentro de um veículo parado pelos profissionais.

Ainda segundo a Prefeitura, dentro do automóvel, modelo Fiat Palio, foram encontrados em sacos plásticos 1.542 papelotes de cocaína, 900 porções de maconha, 1.000 fracos de lança perfume e 375 invólucros de skunk. O motorista do veículo foi detido em flagrante e o caso foi registrado no 3º Distrito Policial de São Bernardo.

DECRETO

Em 30 de abril de 2021, a Prefeitura de São Bernardo do Campo publicou o decreto nº 21.545, que enquadra a cidade na prorrogação da fase de transição do Plano São Paulo do governo estadual, que passam a vigorar no sábado, 01º de maio de 2021, com validade até o dia 09 de maio.

Relembre:

São Bernardo do Campo publica decreto com novas regras da fase de transição do Plano SP

Jessica Marques para o Diário do Transporte

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Comentários

  1. Nabil disse:

    Moro em sao bernardo a 500 metros do batalhao da pm e todo final de semana tem aglomeracao bagunça bebedeira ,e os órgãos publico ignoram.
    Deve ter duas cidades com o mesmo nome

Deixe uma resposta