Transporte alternativo de Cubatão (SP) tem último dia de funcionamento nesta sexta (30)

Determinação judicial já proíbe a operação deste serviço a partir de 1º de maio

WILLIAN MOREIRA

A permissão do serviço de transporte alternativo em Cubatão, no litoral paulista, executado por micro-ônibus, termina nesta sexta-feira, 30 de abril de 2021.

Por determinação judicial, a circulação destes veículos a partir deste sábado 1º de maio de 2021.

O transporte alternativo beneficia aproximadamente oito mil pessoas.

A decisão da Justiça entendeu que a lei de 1997, que permitia o atendimento, é inconstitucional pelo fato de ter sido criada por um vereador e não pelo prefeito.

Essa visão sobre o tema foi fruto de uma ação movida pela Fetpesp (Federação das Empresas de Transportes de Passageiros do Estado de São Paulo) que obteve o parecer favorável definindo para esta sexta (30) a data limite da autorização de trabalho, deixando após o encerramento do atendimento pela cooperativa, o transporte público a cargo somente dos ônibus comuns operados pela Viação Fênix, que já atua na cidade.

Neste mês de abril, houve um protesto da categoria reivindicando a continuidade da permissão para o trabalho na cidade, com a Prefeitura se comprometendo a integrar estes trabalhadores à Fênix, o que até o momento não aconteceu.

Por estes motivos, os motoristas do serviço alternativo programaram para esta tarde um ato em defesa do transporte alternativo às 15h no Paço Municipal.

Willian Moreira em colaboração especial para o Diário do Transporte

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Comentários

  1. José disse:

    Deixa os caras trabalharem! Eu hein…! Belo momento pra tirar o ganha-pão das pessoas! Credo

  2. Márcia disse:

    Realmente, o prefeito de Cubatáo, poderia ajudar essa classe de trabalhadores.
    Sáo pais de família, que prestam um trabalho a comunidade.
    Náo recebem subsidio da prefeitura, como a Fenix recebe.
    E sáo mto solidarios c as pessoas em dificuldade financeira.
    E sáo mto responsaveis em cumprir todo o percuso.

    Coisa que a Fenix náo faz e ainda repete o mesmo q a empresa anterior.
    Desvia da rota.
    Isso qdo passa.
    Deixando mtas pessoas que tem compromisso esperando no ponto. E mtas perdem a hora.

Deixe uma resposta