Pindamonhangaba (SP) reduz tarifa de ônibus a partir de maio

Empresas vão receber subsídio de R$ 225 mil por mês. Foto: Divulgação.

Valor vai passar de R$ 4,40 para R$ 4,25 em dinheiro e para R$ 3,90 no cartão

JESSICA MARQUES

Os passageiros de Pindamonhangaba, no interior de São Paulo, vão pagar um valor mais baixo pela tarifa de ônibus municipais. A partir de maio, o preço da passagem vai de R$ 4,40 para R$ 4,25 em dinheiro e para R$ 3,90 no cartão, para quem fizer a compra de crédito antecipadamente.

A medida será tomada a partir de um Projeto de Lei de autoria do Poder Executivo, que foi aprovado pela Câmara Municipal. A proposta prevê uma tarifa mais baixa até dezembro de 2021, por meio de subsídio.

As empresas vão receber R$ 225 mil por mês até dezembro, para que a passagem seja reduzida. O projeto determina, ainda, que o valor da ajuda financeira será concedido de maio a dezembro de 2021, podendo ser revogado a qualquer momento quando comprovado que desapareceram os motivos que determinaram seu deferimento.

Na prática, o valor mensal estipulado no projeto é de R$ 112.500, mais a parte variável de R$ 0,90 (noventa centavos) por passageiro transportado, a ser apurado conforme o fluxo registrado em catraca, com trava de segurança no limite de R$ 112.500,00, totalizando, portanto, os R$ 225 mil por mês.

O projeto estabelece ainda que “em função das medidas de distanciamento social, da situação de emergência e estado de calamidade pública no Estado de São Paulo e em Pindamonhangaba, resultantes da covid-19, o Poder Executivo fica autorizado a conceder ajuda financeira, a título de subvenção econômica para concessionária de Transporte Coletivo ‘Viva Pinda’ para cobertura de despesas relativas ao pagamento de ajuda compensatória mensal, relativa aos salários dos funcionários e de outros custos obrigatórios”.

Jessica Marques para o Diário do Transporte

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Deixe uma resposta