Serviço ‘Diretão’ do BRT Rio chega à estação Mato Alto nesta quinta (29)

No Mato Alto, o embarque e desembarque se dará na baia para ônibus existente na Avenida Dom João VI, em frente à estação, sentido Santa Cruz. Foto: Divulgação / BRT Rio.

Linha eventual com ônibus comuns vai funcionar nos horários de maior movimento da manhã e da tarde

JESSICA MARQUES

A partir desta quinta-feira, 29 de abril de 2021, os passageiros que utilizam a estação Mato Alto, em Guaratiba, passam a contar também com o serviço batizado de ‘Diretão’. A linha eventual com ônibus comuns vai funcionar nos horários de maior movimento da manhã e da tarde.

A informação foi divulgada pela equipe de intervenção do BRT do Rio de Janeiro e a Secretaria Municipal de Transportes, em nota.

Confira os detalhes operacionais, na íntegra:

Sem parada em nenhuma estação, os veículos seguirão pela pista exclusiva do BRT em direção ao Terminal Alvorada, na Barra da Tijuca, das 5h às 9h. No Mato Alto, o embarque e desembarque se dará na baia para ônibus existente na Avenida Dom João VI, em frente à estação, sentido Santa Cruz. Isso vai proporcionar mais conforto e menos risco a maioria dos passageiros, que não precisarão atravessar a Avenida Dom João VI em direção à estação, além de evitar os congestionamentos nos horários de pico, garantindo menor tempo de deslocamento.

No sentido inverso, os ônibus partirão da Plataforma C do terminal entre 16h e 20h. Com a ampliação dos serviços eventuais no corredor Transoeste, serão quatro locais atendidos pelo reforço dos ônibus comuns à frota de BRTs. Além de Mato Alto – Alvorada, os ‘diretões’ já fazem o trajeto Magarça – Alvorada; Pingo D’Água – Alvorada e Santa Cruz – Alvorada, este último com paradas nas estações General Olímpio, Gastão Rangel, Cajueiros, Curral Falso, Santa Veridiana e Vendas de Varanda.

Já foram instaladas as sinalizações para auxiliar o embarque dos passageiros tanto no Mato Alto quanto no Terminal Alvorada. Equipes do BRT e da Secretaria Municipal de Transportes estarão nos locais dando orientações.

Para a operação que se inicia amanhã, serão utilizados 20 ônibus convencionais, totalizando 90 no corredor Transoeste, que é o maior em demanda de passageiros. A chegada dos novos ônibus auxiliares vai aliviar o carregamento dos articulados no sistema.

Jessica Marques para o Diário do Transporte

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Deixe uma resposta