Rodoviários da Viação Marechal entram em greve no Distrito Federal

Paralisação da Marechal afeta em parte o plano da Semob de reforçar linhas para suprir a falta do Metrô. Foto: Luan Rios/Ônibus Brasil.

Cidades atendidas pela empresa estão sendo afetadas na manhã desta quarta (21)

WILLIAN MOREIRA

Os trabalhadores da Viação Marechal, que atua no Distrito Federal, iniciaram uma paralisação na manhã desta quarta-feira, 21 de abril de 2021, prejudicando o acesso da população nas regiões de Taguatinga, Ceilândia, Águas Claras, Estrutural, Vicente Pires, Samambaia e Guará ao transporte público.

Os trabalhadores estão protestando contra o fato de a empresa não ter feito o pagamento do adiantamento salarial previsto para o último dia 20.

A Marechal, por sua vez, informou que está em negociação com os colaboradores e foi surpreendida pela paralisação que teria sido promovida pelo sindicato da categoria. A empresa ainda alegou ter as receitas seriamente afetadas pela pandemia de covid-19, por conta da diminuição de demanda.

METRÔ

Em paralelo, a greve do Metrô no Distrito Federal iniciada na segunda (19) continua e entra no seu terceiro dia. Os trabalhadores se queixam do corte no auxílio-alimentação de R$ 1,2 mil e que descontos salariais realizados em uma greve de 2019, considerado ilegais não foram até hoje ressarcidos.

A paralisação da Marechal afeta em parte o plano da Semob (Secretaria de Transporte e Mobilidade) de reforçar linhas para suprir a falta do Metrô.

Relembre:

DF reforça linhas de ônibus enquanto greve do Metrô persistir, diz Semob

Willian Moreira em colaboração especial para o Diário do Transporte

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Deixe uma resposta