Transporte coletivo de Caraguatatuba (SP) opera gratuitamente até o meio-dia desta segunda-feira (12), diz prefeitura

Foto: Vinicius Santos/Ônibus Brasil

Medida foi tomada após ocorrer problema no sistema de bilhetagem eletrônica operado pela Praiamar. Situação normalizou às 9h42

WILLIAN MOREIRA

A Prefeitura de Caraguatatuba, no litoral norte do Estado de São Paulo, deixará a operação do transporte coletivo urbano gratuita pelo menos até o meio dia desta segunda-feira, 12 de abril de 2021, em razão de problemas no sistema de pagamento com bilhete eletrônico.

Segundo nota divulgada pela prefeitura em seu site, o sistema apresentou problemas de funcionamento e inatividade desde o fim da noite de domingo, 11.

Durante a madrugada testes foram feitos, mas a queda do sistema não foi solucionada, quando então se decidiu pela não cobrança da tarifa para permitir a circulação dos ônibus e não penalizar a população.

O Poder Público municipal afirmou que a empresa do sistema não se pronunciou sobre o problema. E cita nominalmente a Transdata.

O Diário do Transporte solicitou a manifestação da Transdata, que esclareceu que a prefeitura entrou em contato somente hoje às 8h49, por telefone, relatando sobre dificuldades envolvendo a coleta das informações nos validadores.

A Transdata esclarece ainda que o sistema de bilhetagem eletrônica implantado em Caraguatatuba desde 2017, tem sua manutenção, gestão do banco de dados, aplicativos, servidores e infraestrutura sob responsabilidade exclusiva da empresa Praiamar.

O problema foi resolvido rapidamente, logo após o contato da prefeitura com a empresa de tecnologia.

Leia a nota da Transdata na íntegra:

A Transdata esclarece que oferece suporte técnico a todos os clientes por meio do site meu.itstransdata.com, pelo e-mail meusuporte@itstransdata.com ou ainda via whatsapp, por meio do número 19.99278.4548. O suporte funciona 24 horas, de domingo a domingo e é exclusivo para clientes previamente cadastrados.

Embora não disponha de canais de atendimento telefônico, a empresa informa que recebeu hoje, 12/04/2021, as 8:49h, contato telefônico sobre dificuldades envolvendo a coleta das informações nos validadores. Ainda por telefone a equipe de suporte identificou que a origem do problema era uma falha na infraestrutura de coleta da garagem, que já voltou a operar normalmente.

Por fim, a Transdata também esclarece que o sistema de bilhetagem eletrônica implantado na cidade de Caraguatatuba/SP desde 2017, tem sua manutenção, gestão do banco de dados, aplicativos, servidores e infraestrutura sob responsabilidade exclusiva da empresa Praiamar,

Willian Moreira em colaboração especial para o Diário do Transporte

 

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Deixe uma resposta