Rodoviários de Bauru suspendem greve no transporte após receberem salários do mês

Ônibus da Grande Bauru, uma das concessionárias do transporte municipal. Foto: Wellington Oliveira / Ônibus Brasil

Sindicato da categoria emitiu alerta de greve após Transurb anunciar que iria parcelar o pagamento. Ônibus circulam normalmente na cidade

ALEXANDRE PELEGI

O Sindicato dos trabalhadores em transportes rodoviários de passageiros urbanos e interurbanos de Bauru (Sindtran) confirmou que não haverá greve de ônibus em Bauru, interior de São Paulo, nesta sexta-feira, 09 de abril de 2021.

As empresas que operam o transporte coletivo da cidade – Grande Bauru e Sem Limites – quitaram a outra metade dos salários dos trabalhadores na tarde de ontem (08), cancelando assim o principal motivo da paralisação.

O desfecho positivo ocorreu após reunião com a participação da prefeitura, que garantiu o repasse.

O diretor do Sindtran, Wilson Crispim, confirmou à imprensa regional que a transferência da outra metade do salário já tinha acontecido, e a outra metade estava prometida para a próxima segunda-feira (12).

Crispim adiantou ainda que o Sindtran entrará com ação judicial para garantir a vacinação dos profissionais do transporte coletivo contra a Covid-19.

O motivo da greve foi o anúncio da Associação das Empresas de Transporte Coletivo Urbano de Bauru (Transurb), feito na terça-feira (06), que o salário do mês seria pago em parcelas. Contrários à proposta, o Sindtran emitiu alerta de greve, com início marcado para esta sexta-feira.

Alexandre Pelegi, jornalista especializado em transportes

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Deixe uma resposta