Obras da expansão da Linha 2-Verde do Metrô de São Paulo afetam trânsito da Zona Leste da capital

Intervenções serão feitas nas regiões do Anália Franco e Vila Prudente. Foto: Divulgação.

Mudanças entram em vigor a partir deste sábado (10)

JESSICA MARQUES

As obras da expansão da Linha 2-Verde do Metrô de São Paulo vão afetar o trânsito da Zona Leste da capital paulista. As mudanças entram em vigor a partir deste sábado, 10 de abril de 2021.

As obras serão nas estações Anália Franco e Orfanato (região de Vila Prudente). As intervenções devem ocorrer por um período de 36 meses, segundo o Metrô de São Paulo.

Confira as mudanças:

Anália Franco

Alterações e interdições para as obras da futura estação Anália Franco:

– Avenida Ver. Abel Ferreira, sentido centro, entre Avenida Montemagno e Rua Eng. Cestari;

– Avenida Montemagno, entre as ruas Jorge Bittar e Engenheiro Cestari;

– Rua Santiago Rodrigues, entre as avenidas Montemagno e Ver. Abel Ferreira;

– Rua Jorge Bittar, próximo ao numeral 72; será permitido o tráfego local;

– Rua Ápio Cláudio, entre Avenida Montemagno e desvio construído;

Desvios e alternativas:

– Para quem segue pela Avenida Abel Ferreira sentido centro, o desvio será pela pista contrária, que estará operando em mão dupla desde o cruzamento da Avenida Montemagno até o cruzamento com a Rua Engenheiro Cestari, retornando ao caminho original;

– Quem segue pela Avenida Abel Ferreira, com destino à Avenida Eduardo Cotching, deverá virar à direita na Rua Engenheiro Cestari, à direita no novo acesso construído, à esquerda na Rua Ápio Cláudio e Avenida Eduardo Cotching, retornando ao caminho original.

Orfanato

Alterações e interdições para as obras da futura estação Orfanato:

– Rua Cananéia, entre a Rua Dr. Sanareli e 50 metros antes da Avenida Vila Ema, faixa da esquerda;

– Cruzamento da Rua Dr. Sanareli com a Rua do Orfanato – será permitido o trânsito local de veículos, entre as ruas do Orfanato e Cananéia.

Desvios e alternativas:

– O fluxo de trânsito da Rua Cananéia será direcionado para o lado direito da via;

Durante as interdições, os motoristas que circulam pela região serão orientados através de dispositivos de sinalização, além de agentes da Companhia de Engenharia de Tráfego (CET) que também estarão no local.

Jessica Marques para o Diário do Transporte

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Deixe uma resposta