Marília (SP) anuncia aumento da tarifa de ônibus, mas decisão não evita greve no transporte coletivo

Passagem vai passar a custar R$ 4,50 e data de início da vigência será divulgada no sábado (10). Foto: Divulgação / Prefeitura de Marília.

Rodoviários iniciaram paralisação nesta sexta (09) por falta de acordo sobre pagamento dos salários

JESSICA MARQUES

A Prefeitura de Marília, no interior de São Paulo, anunciou um aumento na tarifa de ônibus. Contudo, a decisão não evitou uma greve no transporte coletivo. O atendimento aos passageiros foi suspenso pelos rodoviários nesta sexta-feira, 09 de abril de 2021.

Segundo informações da mídia local, a greve está sendo feita porque os trabalhadores alegam estar recebendo apenas 30% do valor dos salários. Nesta quinta (08), foi feita uma paralisação de quatro horas pelo mesmo motivo.

Pensando na garantia do pagamento dos salários dos trabalhadores, a Prefeitura decidiu aumentar o valor da tarifa de ônibus de R$ 3,80 pra R$ 4,50. A data de início da medida será divulgada neste sábado (10), em Diário Oficial.

Contudo, o anúncio do reajuste não resultou no fim da greve porque ainda não houve um acordo com as empresas de ônibus para o pagamento integral dos salários.

Em nota, também à mídia local, a empresa Grande Marília esclareceu que ofereceu o pagamento de somente 30% do salário e que não tem previsão de conseguir pagar o restante, pois não existe receita no sistema.

A operadora afirmou ainda que a Prefeitura de Marília se recusa a receber a empresa para se chegar a uma solução que viabilize o sistema.

POSICIONAMENTO OFICIAL

Confira, na íntegra, a nota da Prefeitura sobre o reajuste:

A Prefeitura de Marília informa que o Prefeito Daniel Alonso negou o reajuste solicitado pelas empresas de ônibus do transporte público de R$ 6,24 por ser totalmente inviável e principalmente por conta da pandemia que o Brasil está passando.

Pela garantia da continuidade dos serviços prestados e pensando nos funcionários das empresas que não estão recebendo os seus salários, concederá o reajuste da tarifa, aprovado pelo SAF (Sistema Auxiliar de Fiscalização do Transporte Coletivo Urbano de Marília) no valor de R$4,50.

O decreto do reajuste será publicado no próximo sábado (10) estipulando a vigência do novo valor.

REAJUSTE DE R$ 6,24

Em dezembro passado a Associação Mariliense de Transporte Urbano (AMTU), entidade que representa as duas empresas de transporte público, protocolou um pedido de aumento da tarifa de R$ 3,80 para R$ 6,24. O último reajuste ocorreu em março de 2019, após quatro anos, equivalente a 26,6%.

Relembre:

Empresas de ônibus de Marília querem tarifa a R$ 6,24

RESCISÃO DE CONTRATO

Após relatar problemas financeiros por causa da forte queda de demanda de passageiros em decorrência da covid-19, a empresa Grande Marília, responsável pelo transporte nas zonas Norte e Leste da cidade, comunicou a Prefeitura nesta quinta-feira, 25 de fevereiro de 2021, que seus ônibus irão circular somente até o dia 31 de março. 

Relembre:

Empresa de transporte de Marília (SP) comunica rescisão de contrato com a prefeitura após forte prejuízo

Apesar do comunicado, a Justiça determinou, no fim do mês de março, que o transporte coletivo continue sendo operado pela empresa em Marília.

Jessica Marques para o Diário do Transporte

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Comentários

Deixe uma resposta