Restrição a caminhões no Trevo de Bonsucesso entra em vigor nesta segunda (05), em Guarulhos (SP)

Objetivo da medida é dar prioridade para ônibus e carros. Foto: Divulgação.

Prefeitura detalhou normas e exceções para a circulação; ainda não serão aplicadas multas

JESSICA MARQUES

Em Guarulhos, na Grande São Paulo, a restrição a caminhões no Trevo de Bonsucesso entra em vigor a partir desta segunda-feira, 05 de abril de 2021.

Nessa primeira semana de operação, os agentes da Secretaria de Transportes e Mobilidade Urbana e da Guarda Civil Municipal irão orientar sobre as novas medidas para os motoristas, mas não aplicarão multas.

Por meio de nota, a Prefeitura informou que implementará restrições de horário de tráfego para os caminhões pesados no Trevo de Bonsucesso com o objetivo de organizar o trânsito da região, priorizar o tráfego de automóveis e o transporte público de passageiros.

REGRAS

Além disso, a administração municipal detalhou as normas e exceções para a circulação deste tipo de veículo. Confira, na íntegra:

A interdição aos caminhões será dará em dois horários: de segunda a sexta-feira, das 6h às 9h e das 17h às 20h, e aos sábados das 7h às 12h.

As exceções serão os veículos urbanos de carga (VUCs), que são caminhões de pequeno porte destinados à distribuição de mercadorias e abastecimento no meio urbano, com as seguintes dimensões máximas: largura de 2,20m e comprimento de 7,20m, além de veículos de coleta de lixo pública, aqueles utilizados pelo controle de zoonoses, os destinados a obras e serviços públicos essenciais de infraestrutura urbana, como garantia do fornecimento de energia elétrica, serviços de poda e saneamento básico.

Não precisarão obedecer às restrições ainda veículos dos Correios, aqueles destinados aos serviços essenciais de sinalização de trânsito, os de socorro mecânico de emergência, veículos de transportes de valores, caminhões-betoneira quando em operação, além de veículos de transporte de materiais e insumos para as unidades de saúde.

O descumprimento das normas acarretará, pela fiscalização dos agentes de trânsito, a aplicação de sanções que vão desde multa por infração de trânsito até a apreensão do veículo.

OBJETIVOS

Em nota, a Prefeitura também justificou a medida e detalhou os objetivos da mudança. Confira:

A medida toma como base a autonomia que o município tem para gerir o controle do uso e operação da infraestrutura viária destinada à circulação e operação do transporte de carga, concedendo prioridades ou restrições de acordo com o artigo 23 da lei federal 12.587/2012, que institui as diretrizes da Política Nacional de Mobilidade Urbana.

O novo decreto estabelece que dentre os principais objetivos do Plano Municipal de Mobilidade Urbana de Guarulhos (PMU-Guarulhos 2019), instituído pelo decreto 35.931/2019, está “melhorar as condições de circulação de cargas no município com a definição de trajetos, horários e caracterização de veículos e tipos de carga”.

Atualmente o Trevo de Bonsucesso representa o maior gargalo de trânsito da cidade de Guarulhos. Nos últimos anos a situação foi agravada em razão das restrições impostas pela atual concessionária, a CCR Nova Dutra, que fechou quase todas as saídas de acesso à rodovia.

Outro fator que compromete de forma definitiva o trânsito da região diz respeito também à alta densidade populacional (450 mil habitantes) dos bairros Jardim Presidente Dutra, Bonsucesso, Pimentas e Água Chata, além do tipo de atividade econômica desenvolvida, altamente dependente do modal rodoviário.

Leia também:

Guarulhos (SP) restringe circulação de caminhões no Trevo de Bonsucesso, com prioridade para ônibus e carros

Jessica Marques para o Diário do Transporte

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Comentários

  1. Valdemiro Ribeiro Alves disse:

    O meu Caminhao e um Iveco Daily 3510
    Entra nesta restrição ele mede menos de 7metris

  2. Vanderley Caetano disse:

    Ao invés de fazerem as obras necessárias para melhorar a região, eles fazem restrições impedindo das pessoas trabalharem. Precisaria ter um grande protesto contra isto.

  3. Jair Leocádio disse:

    Falta de investimento demolir o antigo viaduto abrirem as laterais da rodovia para o trânsito fluir melhor ligando com as vias marginal da Dutra ,entre os dois sentidos ,obras paradas , falta tudo alí , é como um rio chega para tudo , é um funil ninguém vê isso se abrir as laterais dos dois lados melhora muito rebaixando ao nível das pistas centrais . Construindo também duas Av ,a beira do rio ligando a Av Mário Covas em Arujá SP e aeroporto de Guarulhos SP .

  4. Regis disse:

    Desde quando aquela coisa é um trevo? Pode ser qualquer coisa: desvio de dinheiro público, incompetência dos engenheiros, erro de topografia, ou qualquer merda parecida, mas não chamem aquilo de trevo. A solução é demolir e começar tudo de novo. Pode perguntar para qualquer motorista q passa pela região, o negócio é honestamente desgraxado.

  5. acocorten disse:

    É FANTASTICO! estava sub dimensionado desde o inicio da obra em 2003, demoram 18 ANOS para fazer uma obra insuficiente, ao invés de fazer uma obra corretamente dimensionada simplesmente restringem o acesso… deviam abrir uma CPI para verificar onde foi parar o dinheiro do superfaturamento. Tem uma analise do TCU que aponta mais de 9 MILHões de superfaturamento e sobrepreço e até agora nenhuma punição aos responsaveis:

  6. Fausto Vereda disse:

    Todo o trânsito dos caminhões sera desviado para rotas alternativas,Via Ponte Alta sentido lavras e Juscelino Kubitschek sentido Trabalhadores,As vias públicas não irar suportar todo esta carga pesada dos caminhões,Alem de piorar ainda mais o trânsito destas Regiões…É preciso tirar a bunda do projeto mal feito do trevo de Bonsucesso e terminar a obra inacabada..falta vontade política dos nossos governantes.

  7. Gilvano dos Santos oliveira disse:

    Queria deixar meu protesto impresarios abandone guarulhos tenho caminhao mais isso e rediculo a anos tem obra nesse negocio chamado trevo nao sei se o nome certo agora inventa rodizio para caminhao isso e uma piada ..como sempre o caminhao e culpado..

  8. Wilton disse:

    Ladrões corruptos. Só penso no roubo. Agora caminhoneiros q saem ceda para ganhar o pão são penalizados pq os governantes roubam descaradamente ladrões

  9. Fábio disse:

    Resumindo os caminhões vão ficar parado no acostamento da Dutra até dar o horário igual acontece hoje nas marginais.
    Por que não usam o retorno a frente à famosa ponte da Petrobras que da acesso ao Centro industrial do Piratininga….?

  10. Maria Lúcia de Sales disse:

    Acho que tem que ter solução neste trevo, falta alça de acesso, pq eles não tiram os ônibus da alça de acesso a Dutra e coloca pela rua do riozinho que antes era feito sai no Sakamoto, ou pela rua do batalhão que TB tem acesso Sakamoto diminui o fluxo do trânsito e além disso, os carros que acessam pela ponte velha com saída para lado do Sakamoto

  11. Tarcis Eric Navarrete Lemos disse:

    Eu acho que deveria sem no mínimo restrição de fim de números de placa . Por quê bom temos muitas transportadora aí nesse trecho e gera muito emprego
    Obrigado

  12. Renato disse:

    Olha a safadesa desse pessoal da prefeitura restrição para caminhoes justo nesse trecho..eles estao encobrindo a burrice deles nao tem cabimento isso em um trexo aonde tem tantas empresas.cambada de gente sem noção nenhuma do que faz

  13. Miguel Arcanjo Machado disse:

    Sinceramente, é um absurdo!
    Porém toda carga elas são essenciais.
    O que realmente falta é prender esses criamos, que vivem roubando o dinheiro público, é lamentável!

Deixe uma resposta para Jair Leocádio Cancelar resposta