Gestão Doria prorroga fase emergencial para 11 de abril em todo o Estado de São Paulo

Inicialmente, regras mais restritivas iriam até o dia 30 de março, mas doença continuou avançando

ADAMO BAZANI

A gestão do governador João Doria prorrogou a fase emergencial, com as regras mais restritivas, até o dia 11 de abril de 2021 para tentar conter o avanço da covid-19 que está no pior momento em todo o País.

O anúncio foi feito nesta sexta-feira, 26 de março de 2021 pelo vice-governador Rodrigo Garcia em entrevista coletiva.

Com normas mais rígidas para restringir a circulação de pessoas e, consequentemente do vírus, a fase emergencial traz mais regras que a fase vermelha e começou no dia 15 de março com previsão inicial de ir até o dia 30 de março, mas os índices de contágio, internação e óbitos ainda preocupam.

Confira algumas das principais regras da fase emergencial:

O QUE ESTÁ PROIBIDO:

– atendimento presencial ao público, inclusive mediante retirada ou “pegue e leve”, em bares, restaurantes, “shopping centers”, galerias e estabelecimentos congêneres e comércio varejista de materiais de construção, permitidos tão somente os serviços de entrega (“delivery”) e “drive-thru”;

– comércio de material de construção – proibido o funcionamento e atendimento ]presencial, mas ficam liberados os serviços de retirada por clientes com veículo (drive-thru) e entrega na casa do comprador (delivery).

– realização de cultos, missas e demais atividades religiosas de caráter coletivo;

– realização de eventos esportivos de qualquer espécie; profissionais ou amadores

– reunião, concentração ou permanência de pessoas nos espaços públicos, em especial, nas praias e parques

– desempenho de atividades administrativas internas de modo presencial em estabelecimentos comerciais e prestadores de serviços não essenciais.

– Serviços de tecnologia da informação: Obrigatoriedade de teletrabalho (home office)

– Baladas, Festas, Concentrações, Comemorações

POUPATEMPO E DETRAN:

Poupatempo e Detran: Estarão fechados em todo o Estado de São Paulo até  pelo menos 30 de março de 2021, mas os serviços podem ser feitos pela internet: Poupatempo: https://www.poupatempo.sp.gov.br/ – Detran: https://www.detran.sp.gov.br/

TOQUE DE RESTRIÇÃO x TOQUE DE RECOLHER:

A principal diferença é que enquanto o toque de restrição focava as fiscalizações em aglomerações e comércios na noite/madrugada, o toque de recolher deve possibilitar abordagens às pessoas durante a movimentação neste período.

RECOMENDAÇÃO:

– Escalonamento de horários para evitar lotação nos transportes coletivos (vans, ônibus, trólebus, monotrilho, trem, metrô):

Na Região Metropolitana de São Paulo, sem prejuízo da observância das normas locais aprovadas pelos respectivos Municípios, recomenda-se que a abertura e a troca de turnos em estabelecimentos comerciais ou prestadores de serviços sejam ajustadas de modo a evitar o deslocamento simultâneo de colaboradores nos meios de transporte público coletivo de passageiros, observando, no que couber, os seguintes horários:

I – entre 5 horas e 7 horas, para o setor industrial;

II – entre 7 horas e 9 horas, para o setor de serviços;

III – entre 9 horas e 11 horas, para o setor de comércio

– Teletrabalho (home office) é recomendado para setores administrativos públicos, inclusive para as gestões:

Durante a vigência das medidas emergenciais de que trata este decreto, fica recomendado que os Prefeitos de Municípios paulistas adotem, no âmbito de suas respectivas administrações, preferencialmente o regime de teletrabalho.

– Educação Estadual, Municipal e Privada:  Recesso da rede estadual por 15 dias, com recomendação para que escolas municipais e privadas sigam o mesmo procedimento.

RODÍZIO DE VEÍCULOS, ZONA AZUL E RESTRIÇÃO A FRETADOS E CAMINHÕES:

  • Novo horário:das 20h às 05h
  • Quando começa:22 de março de 2021 e é de forma provisória
  • Rodízio com horários normais:Fica liberada momentaneamente a circulação de todos os carros das 07h às 10h e das 17h às 20h
  • Dias da semana:As proibições de circulação de acordo com os finais de placas e dias da semana continuam as mesmas. O que só muda são os horários.

Assim, o esquema ficará somente neste período:

segunda-feira:  placas finas 1 e 2 das 20h às 05h

terça-feira: placas finas  3 e 4 das 20h às 05h

quarta-feira: placas finas 5 e 6 das 20h às 05h

quinta-feira: placas finas  7 e 8 das 20h às 05h

sexta-feira: placas finas  9 e 0 das 20h às 05h

  • Multas e pontos para quem desrespeitar: continuam os mesmos, configurando infração de trânsito de nível médio, resultando em multa no valor de R$ 130,16 e acréscimo de 4 (quatro) pontos no prontuário do motorista.
  • Zona Azul: Não muda
  • Restrição a ônibus e vans de fretamento: Não muda
  • Restrição a caminhões: Não muda
  • Rodízio para caminhões:Os caminhões permanecerão com as regras atuais do rodízio de veículos que, de acordo com o final de placa e o dia da semana, não podem circular na área delimitada pelo Mini Anel Viário, das 7h às 10h e das 17h às 20h. Assim, o horário especial de rodízio durante a fase emergencial contra a covid-19, das 20h às 05h, só vale para carros.
  • Frota de ônibus municipais (SPTrans): segundo o prefeito Bruno Covas, a frota de ônibus municipais será mantida como tem sido empregada atualmente: 88,25% em comparação a antes da pandemia (11.308 coletivos agora frente a aproximadamente 13 mil de antes da pandemia). A demanda varia entre 50% e 60% de antes da pandemia. Nos bairros mais afastados do centro a operação em dias úteis conta com reforço maior, com 93,34% da frota de veículos em relação ao período anterior à pandemia. O uso de máscaras é obrigatório durante toda a viagem por todos os passageiros, motoristas e cobradores.

 O QUE PODE FUNCIONAR E COMO

– Hotelaria: Permissão de hospedagem, mas proibição de funcionamento de restaurantes, bares e áreas comuns dos hotéis. Alimentação permitida somente nos quartos.

– Supermercados: Podem funcionar a qualquer horário, mas por causa da lotação do transporte público, a recomendação (e não obrigação) é que abram entre 9h e 11h

– Farmácias: Sem nenhuma restrição

– Saúde Humana: clínicas, hospitais e unidades de emergência

– Saúde e Alimentação Animal: clínicas, hospitais veterinários, petshops

– Bancos e Lotéricas: funcionam em horário normal e atendimento presencial, mas quem puder, deve preferir os serviços digitais (recomendação e não obrigatoriedade).

– Transporte coletivo sem restrições: vans, ônibus, trólebus, monotrilho, trem, metrô

– Transporte individual público sem restrições: táxis, aplicativos

– Transporte de fretamento para trabalhadores de atividades permitidas: ônibus e vans (sem restrições)

– Transporte terrestre interestadual e internacional: ônibus rodoviários e trens (sem restrições)

– Rodoviárias (sem restrições)

– Indústria em geral (sem restrições)

– Construção Civil (obras) (sem restrições)

– Agricultura (sem restrições)

– Transporte de Cargas para abastecimento (sem restrições)

– Postos de combustíveis: sem restrições para abastecimento de veículos e as lojas de conveniência estão restritas

– Segurança Pública (sem restrições)

– Segurança Privada (sem restrições)

– Aeroportos (sem restrições nas operações aéreas)

– Limpeza Pública (sem restrições)

– Serviços privados de limpeza (sem restrições)

Adamo Bazani, jornalista especializado em transportes

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Assine

Receba notícias do site por e-mail

Comentários

Comentários

  1. Santos Dumont disse:

    Agora só falta a p- – – a do presidente cabeça-dura adotar como recomendação a todos os Estados.
    Entremos porém que cabe acrescentar:
    1- distribuição gratuita de máscaras aos inscritos em programas assistenciais de baixa renda,
    2- multa aos infratores pelo não uso de máscara (no Rio de Janeiro aplicam multa no ato da infração de ‘xixi’ na rua), e
    3- ventilação forçada (não ar refrigerado) em ambientes de inevitável aglomeração.

    Parabéns ao Estado de São Paulo

  2. Marcos a a Lourenço disse:

    Pobre povo do Estado de São Paulo…. Ou morre de COVID…. Ou morre de fome… Ou morre de nervoso… Ou de raiva. Medidas emergenciais desse tipo não resolveram. As mortes e contaminações continuaram.

  3. JOSÉ LUIZ VILLAR COEDO disse:

    Presidente sem noção e sem coragem ! e Governadores e Prefeitos oportunistas ! É GENTE ! USEM MASCARAS E ÁLCOOL EM GEL 70%! NÃO SE APARTEM DESSES ITENS! EVITEM AGLOMERAÇÕES INÚTEIS OU DESNECESSÁRIAS! USEM MASCARAS ATE LONGE DE AGLOMERAÇÕES! EVITEM FICAR EM PONTOS DE ÔNIBUS NAS RUAS OU TERMINAIS URBANOS OU PARADAS DE CORREDORES DE ONIBUS … AONDE TENHA GENTE FALANDO ALTO… FALANDO AO CELULAR SEM MASCARA OU FUMANDO…(POIS, OBVIAMENTE ELA ESTARÁ SEM MÁSCARA PARA TRAGAR O MALDITO CIGARRO E SOLTAR A MALDITA FUMAÇA! ) CUIDEM -SE ! SE FOR NECESSÁRIO… E NÃO SE PUDER SAIR DE PERTO DESSA GENTE SEM NOÇÃO, TAPEM A RESPIRAÇÃO! É.. É O QUE TEMOS PARA O MOMENTO! UM GOVERNO FEDERAL FROUXO, OGRO E AMIGO DE HEREGES INTERESSEIROS E POLITIQUEIROS… UNS GOVERNADORES E PREFEITOS OPORTUNISTAS! MARXISTAS COMUNISTAS ! QUE ACHAM QUE SO EM TEMPLOS RELIGIOSOS SE PEGA CORONAVIRUS… POR MAIS LIMPOS E DESINFECTADOS QUE SEJAM ! E OS SUPERMERCSDOS E HIPERMERCADOS ESTRUMBADOS DE GENTE! E OS ONIBUS E METROS E TRENS DA CPTM E AFINS… TMB…! ESTAMOS BEM ARRANJADOS MESMO! E O PIB DA CHINA COMUNISTA CRESCENDO BRUTALMENTE… FELIZ SEMANA SANTA E PÁSCOA A TODOS E TODAS! DEUS NOS ABENÇOE E TENHA PIEDADE DE NÓS TODOS !

Deixe uma resposta para JOSÉ LUIZ VILLAR COEDO Cancelar resposta