Projeto na Câmara dos Deputados quer dispositivos sonoros dentro de ônibus urbanos que anunciem a próxima parada aos passageiros

Em Londres (UK) sistema é conhecido como “iBus”, e foi testado com sucesso em 2006. Hoje está presente em toda a frota

Autor do PL diz que concessionárias do transporte público devem oferecer informações seguras e acessíveis sobre o local correto onde seus passageiros deverão desembarcar

ALEXANDRE PELEGI

Muitas vezes o passageiro de um ônibus urbano se distrai e acaba passando direto de sua parada. Às vezes, ao tomar uma linha desconhecida, acaba dependendo de outros passageiros para saber em qual ponto descer…

Um Projeto de Lei (PL) atualmente em tramitação na Câmara dos Deputados, em Brasília, pretende se não resolver, pelo menos melhorar essa situação.

O PL 5346/20, de autoria do Roberto de Lucena (Pode-SP), quer tornar obrigatória a instalação de placa luminosa e de dispositivo sonoro para anunciar as paradas de veículos de transporte coletivo públicos e privados.

O texto estabelece que tais dispositivos serão instalados em local visível a todos os passageiros.

O autor do PL afirma que nada mais justo que as empresas concessionárias desse serviço público ofereçam aos seus passageiros informações seguras e acessíveis sobre o local correto onde deverão desembarcar, “beneficiando a população em geral e, em especial, turistas, crianças e idosos”.

Em tramitação já em caráter conclusivo, o projeto será analisado pelas comissões de Viação e Transportes; de Finanças e Tributação; e de Constituição e Justiça e de Cidadania (CCJ).

Na Justificativa de sua propositura, Roberto de Lucena afirma: “Quando tratamos de questões ligadas às pessoas, em especial seu conforto e segurança, é imprescindível que as tecnologias hoje disponíveis sejam utilizadas para garantir o bem-estar dos usuários dos serviços públicos, como é o caso do transporte coletivo de passageiros nos centros urbanos.”


‘IBUS’ EM LONDRES

Em muitas cidades, como Londres, no Reino Unido, os ônibus possuem internamente um letreiro luminoso que indica as paradas seguintes, além de uma gravação com voz feminina que anuncia o próximo ponto. Isso facilita que o passageiro saiba de antemão quando estiver chegando a seu destino, e evita que se distraia e “passe do ponto”.

No caso de Londres o sistema é conhecido como “iBus”, que permite a localização automática de veículos (AVL) usando a tecnologia instalada pela Siemens AG. Este sistema rastreia todos os ônibus para fornecer aos passageiros anúncios audiovisuais, informações sobre chegadas de ônibus e para acionar a prioridade nos cruzamentos de tráfego.

O iBus foi anunciado em janeiro de 2006, e após um teste de oito semanas na rota 149 ele provou ser um sucesso.

Em maio daquele ano, uma pesquisa escolheu a apresentadora de rádio Emma Hignett para ser a ‘Voz dos Ônibus de Londres’. Todas as linhas hoje têm o sistema.

Veja um vídeo do sistema iBus funcionando em vários ônibus em Londres:

Alexandre Pelegi, jornalista especializado em transportes

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Deixe uma resposta