Belo Horizonte volta a fazer barreiras sanitárias em equipamentos do transporte público, como rodoviária e metrô

Agentes checam a temperatura e verificam sintomas da Covid-19. Foto: prefeitura de BH

Desde esta sexta (05), equipe de agentes de vários órgãos verifica sintomas de covid-19 na população da capital mineira

ALEXANDRE PELEGI

Belo Horizonte retomou nesta sexta-feira, 5 de março de 2021, uma medida importante para reforçar a proteção e a segurança dos moradores da capital contra o Coronavírus: a instalação de pontos de fiscalização sanitária em três vias, na rodoviária e na Estação Central do Metrô.

Em uma ação conjunta da Secretaria Municipal de Saúde, Belotur, BHTrans, Cruz Vermelha, DER, Guarda Municipal e Polícia Militar, os agentes checam a temperatura e verificam sintomas da Covid-19 na população.

As barreiras sanitárias promovem também ações educativas e orientam sobre as medidas de prevenção contra a disseminação da Coivd-19, como o uso de máscaras, a higienização das mãos e o distanciamento social.

Em casos suspeitos da doença, os agentes orientam a pessoa a procurar um serviço de saúde.

Os pontos foram instalados nas vias:

– Avenida Nossa Senhora do Carmo, sentido Centro, na Região Centro-Sul da capital,

– Avenida Pedro l, entroncamento com Cristiano Machado, e

– Avenida Amazonas, altura do Anel Rodoviário, sentido Centro.

As barreiras já foram utilizadas em Belo Horizonte como medida de combate à disseminação do vírus em junho de 2020, também em locais de concentração de pessoas como estações de ônibus e avenidas da capital.

Alexandre Pelegi, jornalista especializado em transportes

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Deixe uma resposta