Prefeitos do Alto Tietê devem tomar medidas complementares à fase vermelha de Doria

Ônibus em Mogi das Cruzes, cidade do Alto Tietê que decretou fase vermelha antes mesmo do Governador João Doria

Nos municípios de Mogi das Cruzes e Santa Isabel a fase vermelha já teve início nesta quarta (03)

ADAMO BAZANI

Os prefeitos do Alto Tietê, na região metropolitana, devem ampliar as restrições da fase vermelha do Plano São Paulo para impedir o avanço da covid-19.

De acordo com nota o Condemat (Consórcio de Desenvolvimento dos Municípios do Alto Tietê), os chefes dos executivos municipais devem se reunir nesta quinta-feira, 04 de março de 2021, para discutir a implantação de medidas complementares de restrição.

Como mostrou o Diário do Transporte, no início da tarde desta quarta-feira (03), o governador João Doria anunciou que a partir de 00h de sábado, 06 de março de 2021, todo o Estado vai para a fase vermelha, a mais restritiva, até 19 de março.

Somente poderão funcionar atividades essenciais como hospitais e clínicas, veterinárias, transportes coletivos (ônibus, trens e metrô), transporte público individual (táxis e carros de aplicativo), farmácia, supermercado, segurança pública e privada, limpeza, zeladoria, entre outros.

Relembre:

https://diariodotransporte.com.br/2021/03/03/doria-muda-classificacao-cidades-plano-sao-paulo/

Em nota, o presidente do Condemat, Rodrigo Ashiuchi, disse que a situação é preocupante na região.

 “Infelizmente nossa realidade atual é muito preocupante e exige a colaboração de todos na tomada de medidas mais duras e restritivas. Sabemos que isso afetará a retomada da economia, porém não temos outra saída diante do cenário enfrentado por todo país, com a alta nos indicadores de novos casos e óbitos e a falta de leitos para atender à demanda. É necessário que todos compreendam que este é o momento mais crítico desde o início da pandemia”, disse.

Em nota, o Condemat ainda informou que segundo dados informados pela Secretaria de Estado da Saúde, a taxa de ocupação de leitos de UTI atual na região do Alto Tietê é de 89,4% (data base 01/03), com o agravante de que unidades hospitalares dos municípios de Arujá, Ferraz de Vasconcelos, Itaquaquecetuba, Mogi das Cruzes e Santa Isabel atingiram a capacidade máxima no início desta semana. A região enfrenta ainda a alta de 20% no número de novos casos nos últimos 14 dias, com relação aos 14 dias anteriores.

O consórcio também destacou que maioria dos municípios estuda suspender o início das aulas presenciais da rede municipal previsto para os próximos dias. O funcionamento das unidades escolares estaduais e privadas também deverá ser discutido pelos prefeitos amanhã, bem como a realização de bloqueios sanitários.

Nos municípios de Mogi das Cruzes e Santa Isabel a fase vermelha já teve início nesta quarta (03)

Adamo Bazani, jornalista especializado em transportes

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Assine

Receba notícias do site por e-mail

Comentários

Comentários

  1. Maria de Fátima Campos disse:

    Se torna um absurdo a situação alarmante do vírus e ainda tem futebol com público…

  2. Conceição Aparecida de Oliveira disse:

    Medidas necessárias.. até que vacinação chegue a todos.

Deixe uma resposta para Conceição Aparecida de Oliveira Cancelar resposta