Belo Horizonte (MG) inicia cadastramento do Meio Passe Estudantil para 2021

Oferta de novos benefícios depende da disponibilidade de vagas e a Prefeitura entrará em contato com o estudante. Foto: Divulgação.

Solicitações devem ser feitas por meio do portal da Prefeitura

JESSICA MARQUES

A Prefeitura de Belo Horizonte, em Minas Gerais, iniciou nesta semana o cadastramento e recadastramento do Meio Passe Estudantil para 2021. As solicitações devem ser feitas por meio do portal da Prefeitura.

O benefício é destinado a estudantes do Ensino Médio e da EJA (Educação de Jovens Adultos) matriculados e frequentes em estabelecimentos de ensino público da capital e que moram a uma distância igual ou superior a um quilômetro da escola. Como o passe é vinculado à necessidade de deslocamento dos estudantes, portanto será considerado o calendário letivo de aulas presenciais.

Desde segunda-feira, 22 de fevereiro de 2021, os estudantes que já eram beneficiários do programa municipal podem solicitar o recadastramento. É necessário acessar o site até 05 de março e confirmar os dados. Caso alguma informação de cadastro, como endereço da residência ou escola, tenha sido alterada, o estudante deve encaminhar os documentos comprobatórios por meio do deste formulário.

Segundo a Prefeitura, aqueles que ainda não são beneficiários do Meio Passe devem acessar o site e se inscrever, de 08 a 19 de março. A oferta de novos benefícios depende da disponibilidade de vagas e a Prefeitura entrará em contato com o estudante, caso ele seja selecionado, e informará o procedimento para envio da documentação.

“O Meio Passe Estudantil, benefício concedido pela Prefeitura de Belo Horizonte, por meio da Secretaria Municipal de Assistência Social, Segurança Alimentar e Cidadania, é equivalente a 50% do valor das tarifas pagas no percurso de ida e volta entre a residência e a escola do aluno beneficiário. O desconto é válido para o serviço de transporte público coletivo de passageiros do Município de Belo Horizonte”, explicou a Prefeitura, em nota.

Jessica Marques para o Diário do Transporte

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Deixe uma resposta