CNH Social abrirá 5 mil vagas no Distrito Federal

Ao todo, serão 3 mil vagas para a modalidade Estudante Habilitado e 2 mil à modalidade Cidadão Habilitado no Distrito Federal. Foto: Divulgação.

Inscrições terão início em 15 de fevereiro, segunda-feira

JESSICA MARQUES

O Programa Habilitação Social do Detran (Departamento de Trânsito) do Distrito Federal vai abrir 5 mil vagas. As inscrições têm início em 15 de fevereiro de 2021, uma segunda-feira.

Os interessados devem se inscrever, exclusivamente, por meio do Portal de Serviços (portal.detran.df.gov.br) até o dia 16 de março de 2021. O programa reserva 20% das vagas para beneficiários de programas sociais da Sedes (Secretaria de Desenvolvimento Social) e outros 20% aos beneficiários de programas sociais assistidos pela Sejus (Secretaria de Justiça e Cidadania).

Os outros 60% serão destinados aos beneficiários do Projeto Formação Profissional, assistidos pelo Detran, como motofretistas, motoristas de transporte público, motoristas de aplicativos, transporte escolar, instrutor de autoescola e taxistas, por exemplo.

Portanto, no programa também conhecido como CNH Social serão 3 mil vagas para a modalidade Estudante Habilitado e 2 mil à modalidade Cidadão Habilitado no Distrito Federal.

INSCRIÇÕES

Em nota, o Detran divulgou os critérios para participar do programa. Confira, na íntegra:

As inscrições no Programa serão realizadas de 15 de fevereiro a 16 de março de 2021, exclusivamente, por meio do Portal de Serviços Do Detran/DF (portal.detran.df.gov.br). Ao acessar o portal para realizar a inscrição, o candidato deverá selecionar a modalidade desejada: estudante habilitado ou cidadão habilitado. Depois, deve inserir o CPF, a data de nascimento, nome do candidato, nome da mãe, sexo, e-mail e telefone e outros dados solicitados de acordo com a modalidade escolhida.

Estudante Habilitado

Para se candidatar a uma vaga do Projeto Estudante Habilitado, é necessário ter idade entre 18 e 25 anos, estar inscrito, como titular ou dependente, no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico),  possuir domicílio no Distrito Federal há, pelo menos, dois anos, estar cursando ou ter concluído os três anos do Ensino Médio em escola da rede pública ou como bolsista integral em instituições privadas, estar inscrito no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), e não ter sofrido, nos últimos 12 meses que antecedem à inscrição, penalidades decorrentes de infrações de trânsito de natureza grave ou gravíssima, ou não ser reincidente, nos últimos 12 meses, em infração média, entre outros critérios.

Cidadão Habilitado

O candidato ao Projeto Cidadão Habilitado, precisa ter idade acima de 18 anos, estar inscrito, como titular ou dependente, no CadÚnico, saber ler e escrever, ser penalmente imputável, possuir domicílio no Distrito Federal há pelo menos dois anos; não ter sofrido, nos últimos 12 meses que antecedem à inscrição no Programa Habilitação Social, penalidades decorrentes de infrações de trânsito de natureza grave ou gravíssima, ou não ser reincidente, nos últimos 12 meses, em infração média, e possuir inscrição no Cadastro Nacional de Pessoas Físicas(CPF) e carteira de identidade ou equivalente.

Serão considerados os cadastros ativos no CadÚnico aqueles lançados na Base Nacional do Cadastro até o dia 15 de janeiro de 2021.

O Detran disponibilizará à Sedes e à Sejus a lista dos candidatos com Inscrição Homologada, por modalidade, tipo de serviço e critério em que se enquadra, para classificação. Após a homologação da seleção dos candidatos, as referidas secretarias retornarão as listas, informando os candidatos classificados por modalidade, de serviço, critério enquadrado, motivo da não seleção e outros que se fizerem necessários.

A lista final dos candidatos inscritos, selecionados e classificados para o Programa será divulgada, exclusivamente por meio eletrônico, no Portal de Serviços do Detran, em data e hora oportuna. Após a publicação, o candidato ao Processo de Habilitação terá 15 dias para realizar a matrícula on-line e, depois de matriculado, mais 15 dias para realizar a abertura do Registro Nacional de Condutores (Renach). Caso não cumpra esses prazos, perderá o direito ao benefício.

Jessica Marques para o Diário do Transporte

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Comentários

  1. SILVANIA DE SOUZA GUEDES disse:

    quem deu entrada na cnh no ano de 2019, e nao concluiu o processo pode párticipar do cnh social 2021 ??

Deixe uma resposta