Prefeitura de Atibaia (SP) cria comissão de transporte público

Desempenho da empresa prestadora do serviço também será analisado. Foto: Divulgação.

Objetivo é avaliar impacto econômico causado pela pandemia de covid-19

JESSICA MARQUES

A Prefeitura de Atibaia, no interior paulista, anunciou a criação da Comissão Especial de Transporte Público Coletivo de Passageiros. O objetivo é avaliar os impactos econômicos no transporte coletivo causado pela pandemia de covid-19, além do desempenho dos serviços prestados pela empresa concessionária SOU Atibaia.

O grupo foi formado para seguir o contrato de concessão do transporte público que prevê que, a cada três anos, a empresa e a Prefeitura devem avaliar o equilíbrio econômico financeiro do contrato.

Segundo a Secretaria de Mobilidade e Planejamento Urbano, “a avaliação é ainda mais necessária com a pandemia, que causou uma séria crise no transporte público em todo o país, com queda brusca no número de passageiros”.

A comissão formada pela Prefeitura de Atibaia tem também o objetivo de avaliar a retomada dos horários que foram suprimidos e analisar os caminhos que devem ser tomados para evitar que todo o prejuízo da operação seja impactado no valor da tarifa.

“A empresa SOU Atibaia alega prejuízos neste período e já protocolou solicitação de reajuste, portanto a comissão apresentará propostas e soluções para que o serviço de transporte melhore para a população sem que haja impacto econômico negativo para os usuários”, informou a Prefeitura, em nota.

Formarão a comissão o coordenador, André Picoli Agatte, Secretário de Mobilidade e Planejamento Urbano; e os membros Jairo de Oliveira Bueno, Secretário de Administração; Sidney de Oliveira Poloni, Secretário de Governo; Paulo José Rossi, Secretário de Planejamento e Finanças; e Luiz Benedito Roberto Toricelli, Secretário de Justiça.

Jessica Marques para o Diário do Transporte

 

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Comentários

  1. Alexandre Ferreira dos Santos disse:

    Bom dia eu gostaria de se você por gentileza se pode colocar um ônibus para que trabalha até 23:55 para quem mora no imperial para quem nos períodos da noite para trabalhar nos hotéis hospital outros tipos de trabalho

  2. Eliane Aparecida de Souza Bueno disse:

    Infelizmente essa empresa não pensa nos usuários, é só prejuízo,falta de respeito,coloca os ônibus pra circular quando e como querem, funcionários despreparados para se comunicar com as pessoas, ônibus sujos,com toda essa pandemia vidtos fechados e ar condicionado ligado digamos que seja uma estufa de covid 19. E se vamos expor nossas opiniões somos maltratados. É muito triste td isso.

Deixe uma resposta