Curitiba (PR) terá linha especial de ônibus para vacinação contra covid-19

Itinerário será entre o Terminal do Campina do Siqueira e o Centro de Eventos Positivo, chamado de Pavilhão da Cura, no Parque Barigui. Foto: Daniel Castellano / SMCS.

Operação da chamada ‘X52 – Vacina-Pq Barigui’ começa nesta quarta (27)

JESSICA MARQUES

A Prefeitura de Curitiba, no Paraná, informou nesta terça-feira, 26 de janeiro de 2021, que vai implantar uma linha de ônibus exclusiva para atender quem vai se vacinar contra a covid-19.

A linha X52 – Vacina-Pq Barigui começa a funcionar nesta quarta (27) e vai fazer o trajeto entre o Terminal do Campina do Siqueira e o Centro de Eventos Positivo, chamado de “Pavilhão da Cura”, no Parque Barigui, local onde se concentra a vacinação na capital.

A linha, administrada pela Urbs (Urbanização de Curitiba), permite a integração, por meio do terminal, com outros ônibus da capital. O preço da passagem é o mesmo das demais linhas da capital, R$ 4,50.

Os ônibus vão funcionar de segunda a sábado, das 7h30 às 20h30. O pagamento é por meio de cartão transporte, segundo a Prefeitura. A linha especial vai funcionar até o final da vacinação em Curitiba.

Essa é a segunda linha criada pela Urbs durante a pandemia. A linha Expresso Saúde, criada em junho 2020, atende exclusivamente profissionais de saúde e faz o trajeto que percorre as principais clínicas e hospitais da cidade.

Relembre:

Curitiba terá linha de ônibus só para profissionais de Saúde

POPULAÇÃO SERÁ CONVOCADA

A Secretaria Municipal da Saúde informou, em nota, que nenhum cidadão precisa procurar os serviços de saúde em busca da vacina. Todos os vacinados vão ser convocados, de acordo com o fluxo de vacinação, pelo aplicativo Saúde Já.

Neste momento estão sendo vacinados no Pavilhão da Cura os trabalhadores de saúde das alas covid dos serviços públicos e privados da cidade. A vacinação é de segunda a sábado, das 8h às 20h.

Desde o início da vacinação, no dia 20 de janeiro, já foram imunizadas 4.563 pessoas, segundo a Prefeitura.

Jessica Marques para o Diário do Transporte

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Deixe uma resposta