Presidente Prudente tem paralisação de ônibus nesta segunda (25)

Ônibus do sistema de Presidente Prudente

Funcionários dizem que não receberam o adiantamento salarial e o vale-refeição está abaixo do que deveria ser depositado

ADAMO BAZANI

Funcionários da empresa Presidente Urbano, de Presidente Prudente, no interior de São Paulo, iniciaram na manhã desta segunda-feira, 25 de janeiro de 2021, uma paralisação.

Os trabalhadores reclamam que não houve o depósito do “vale-salarial” que é o adiantamento do salário do próximo mês previsto em convenção trabalhista.

Os empregados também dizem que o vale-refeição foi depositado em valor menor do que o que deveria ser realizado. O valor deveria ser de R$ 500, mas o depósito foi de R$ 300.

A empresa de ônibus disse que foi pega de surpresa e classificou a paralisação como ilegal, segundo a TV Fronteira.

O sindicato dos trabalhadores disse que foi uma ação dos próprios funcionários e que a entidade não tinha conhecimento do protesto.

Adamo Bazani, jornalista especializado em transportes

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Comentários

  1. DIEGO disse:

    Uma pena mais uma cidade paralisada(transporte público) pelo mesmo mtoivo.

Deixe uma resposta