Detran-DF inicia fiscalização na faixa exclusiva para ônibus do Eixo Monumental

Motoristas de ônibus que usarem as outras pistas também serão multados. Foto: Divulgação.

Motoristas passam a ser multados a partir deste sábado (02) e infração por desrespeitar exclusividade é gravíssima

JESSICA MARQUES

O Detran-DF (Departamento de Trânsito do Distrito Federal) inicia a partir deste sábado, 02 de janeiro de 2021, a fiscalização na faixa exclusiva para ônibus do Eixo Monumental.

A fiscalização está sendo realizada nas vias N1 e S1. Conforme publicado pelo governo em novembro de 2020, na pista da direita, só podem trafegar ônibus do sistema de transporte público, táxis e vans escolares.

O corredor é exclusivo e funciona 24 horas por dia, em todos os dias da semana. Os demais veículos devem circular pelas faixas à esquerda.

Relembre:

Eixo Monumental, no Distrito Federal, ganha faixa exclusiva para ônibus

Conforme informado pelo Detran, em nota, a conversão à direita é permitida para os acessos lindeiros, apenas na distância necessária para desaceleração ou aceleração, onde há a sinalização tracejada.

A fiscalização está sendo feita por equipamentos eletrônicos e por agentes de trânsito. Os motoristas de veículos não autorizados que trafegam na faixa exclusiva cometem infração gravíssima, com multa no valor de R$ 293,47, mais sete pontos na carteira.

Além disso, os motoristas de ônibus que usarem as outras pistas estão sujeitos à multa de R$ 130,16 e recebem quatro pontos na carteira.

CAMPANHA

O Detran-DF informou ainda que, a partir desta semana e por aproximadamente 15 dias, realizará campanhas educativas de orientação aos motoristas, com abordagens nos semáforos e distribuição de material informativo.

Além disso, serão instalados, em pontos estratégicos, painéis luminosos móveis com avisos sobre o funcionamento da nova faixa.

INFRAÇÕES

De acordo com um levantamento feito pelo Detran, em 2020 foram registradas 20.321 autuações por transitar em faixa exclusiva para transporte público nas vias administradas pelo Departamento, onde a fiscalização já estava ativa (W3 Norte e Sul, e Setor Policial Sul).

Por sua vez, em 2019, foram 23.311 autuações por não respeitar a exclusividade da pista dos ônibus.

Jessica Marques para o Diário do Transporte

 

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Deixe uma resposta