Estado de São Paulo volta à fase vermelha a partir desta sexta (1º)

No período, apenas serviços essenciais devem funcionar. Foto: Divulgação / Prefeitura de Jundiaí.

Restrições para conter pandemia de Covid-19 ficam em vigor até 03 de janeiro

JESSICA MARQUES

O Estado de São Paulo vai voltar à chamada fase vermelha a partir desta sexta-feira, 1º de janeiro de 2021. A medida, com restrições mais rígidas para conter a pandemia de Covid-19, fica em vigor até domingo, 03.

Como mostrou o Diário do Transporte, a quarentena no estado foi estendida até o dia 7 de fevereiro de 2021.

A mudança vale para todas as regiões e municípios, segundo o Governo do Estado. O objetivo é conter aglomerações no período das tradicionais festas de fim de ano.

A fase vermelha do Plano São Paulo também foi colocada em vigor entre os dias 25 e 27 de dezembro, conforme noticiado pelo Diário do Transporte.

Relembre:

Governo de SP anuncia endurecimento na quarentena com somente serviços essenciais entre os dias 25 e 27 e 01º e 03 em todo o Estado

Confira abaixo as atividades permitidas em cada uma das fases do Plano São Paulo:

Fase 1 (Vermelha): Alerta Máximo – Fase de contaminação, com liberação apenas para serviços essenciais)

Na fase vermelha, ficam liberadas apenas as atividades consideradas essenciais

– Saúde: hospitais, clínicas, farmácias, clínicas odontológicas, lavanderias e estabelecimentos de saúde animal.

– Alimentação: supermercados, hipermercados, açougues e padarias, lojas de suplemento, feiras livres. É vedado o consumo no local.

– Bares, lanchonetes e restaurantes: permitido serviços de entrega (delivery) e que permitem a compra sem sair do carro (drive thru). Válido também para estabelecimentos em postos de combustíveis.

– Abastecimento: cadeia de abastecimento e logística, produção agropecuária e agroindústria, transportadoras, armazéns, postos de combustíveis e lojas de materiais de construção.

– Logística: estabelecimentos e empresas de locação de veículos, oficinas de veículos automotores, transporte público coletivo, táxis, aplicativos de transporte, serviços de entrega e estacionamentos.

– Serviços gerais: lavanderias, serviços de limpeza, hotéis, manutenção e zeladoria, serviços bancários (incluindo lotéricas), serviços de call center, assistência técnica de produtos eletroeletrônicos e bancas de jornais.

– Segurança: serviços de segurança pública e privada.

– Comunicação social: meios de comunicação social, inclusive eletrônica, executada por empresas jornalísticas e de radiodifusão sonora e de sons e imagens.

– Construção civil, agronegócios e indústria: sem restrições.

Fase 2 (Laranja): Controle – Fase de atenção, com eventuais liberações.

Na fase laranja, shoppings centers (com proibição de abertura das praças de alimentação), comércio de rua e serviços em geral podem funcionar com capacidade limitada a 20%, horário reduzido para quatro horas seguidas e adoção dos protocolos padrão e setoriais específicos. Fica proibida a abertura de bares e restaurantes para consumo local, salões de beleza e barbearias, academias de esportes em todas as modalidades e outras atividades que gerem aglomeração.

Fase 3 (Amarela): Flexibilização – Fase controlada, com maior liberação de atividades

Na fase amarela, shoppings centers (com proibição de abertura das praças de alimentação), comércio de rua e serviços em geral podem funcionar com capacidade a limitada 40%, horário reduzido para seis horas seguidas e adoção dos protocolos padrão e setoriais específicos. Adiciona-se à lista salões e barbearias, além de bares e restaurantes que estarão liberados com restrições. O governo do Estado antecipou para esta fase as academias, parques e salões de beleza e barbearias.

Fase 4 (Verde): Abertura Parcial – Fase decrescente, com menores restrições

Na fase verde, fica liberado o funcionamento de todos os estabelecimentos comerciais e de serviços, incluindo academias e praças de alimentação dos shoppings, desde que com capacidade limitada a 60% e adoção dos protocolos padrão e setoriais específicos. Ficam proibidos eventos que gerem aglomeração.

Fase 5 (Azul): Normal controlado – Fase de controle da doença, liberação de todas as atividades com protocolos de segurança e higiene.

Retomada da economia dentro do chamado “novo normal”.

TRANSPORTES

A SPTrans (São Paulo Transporte), que gerencia os ônibus municipais da capital paulista, informou que a frota dos coletivos nas linhas será de 45% em relação aos dias úteis atuais, de 01º a 03 de janeiro.

Relembre:

Jessica Marques para o Diário do Transporte

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Comentários

  1. carlos souza disse:

    Que novo normal o KCT.Nem velho.O mundo já acabou faz tempo.Irresponsabilidade,falta de transparência,crimes,corrupção…no país do crime,então…

    1. JOSÉ LUIZ VILLAR COEDO disse:

      Nao existe mesmo esse lance de “NOVO NORMAL” … EXISTE A ESPERA DA VOLTA DE NOSSO SENHOR JESUS CRISTO! OU NOSSA PARTIDA PARA JUNTO DELE! MAS…ENQUANTO ESTIVERMOS POR AQUI E DEUS – PAI NÃO MANDAR JESUS VOLTAR… POIS SO ELE, E TAO SOMENTE ELE – O PAI ETERNO! – E QUEM SABE DA HORA DAS HORAS…! QUEREMOS NOSSOS DIREITOS BASICOS E NOSSAS DIGNIDADES! Não somos animais e nem somos todos INDIGENTES ! QUEREMOS VIVER DIGNAMENTE!

  2. JOSÉ LUIZ VILLAR COEDO disse:

    NOVO NORMAL… UMA OVA! QUERO É QUE O BOZZOLINO FASCISTA SEJA POSTO DE NOVO CONTRA A PAREDE E PARE DE DIZER QUE NAO VAI DAR MAIS ” AUXÍLIO EMERGENCIAL” PRO POVÃO POBRE E NECESSITADO! E DE PELO MENOS R $ 300,00 ! E O SR. DORICHINA COMUNISTA CAVIAR… PEDE PRA SAIR TMB! VC E O BRUNO COVAS E O PRRSIDENTE ATUAL DESSE PAÍS… SÃO PEDRAS DE TROPEÇOS PRA NOS! E O LULADRAO DEVERIA É ESTAR PRESO! ELE E A DILMA! E NÃO VIVENDO TBM AS NOSSAS CUSTAS!

  3. carlos souza disse:

    Ainda bem que não fui votar.Sou grupo de risco pra COVID-19.Prefiro pagar a multa,que não é tão salgada assim.Se tivesse ido anulava meu voto.Ah:não se esqueça de incluir o vampiro do Tietê(Temer),o Cocô-Collor e o Coroné Sarnoso(Sarney) entre os que deviam mofar no xilindró.Voto obrigatório nunca mais.Candidaturas avulsas já.

  4. carlos souza disse:

    E inclua o Vampiro do Tietê(Temer),O Sarnoso e o Cocô-Collor entre os que deviam mofar no xilindró.Voto 100% facultativo e candidaturas avulsas urgentíssimo.Já.

Deixe uma resposta