Protesto de rodoviários paralisa linhas da Presidente Vargas em Porto Alegre

Ônibus da Auto Viação Presidente Vargas

Trabalhadores manifestam contra a redução de valores de tickets e salários

ADAMO BAZANI

Quem depende das linhas da empresa de ônibus Presidente Vargas, em Porto Alegre, encontra dificuldades na manhã desta quinta-feira, 24 de dezembro de 2020.

Motoristas e demais funcionários da companhia, que integra o consórcio Via Leste, cruzaram os braços.

Os trabalhadores alegam que houve redução nos valores de tickets, benefícios, salários, não pagamentos de atestados e férias.

A companhia atende sete ligações: Vila Jardim, Carlos Gomes/Salso, Petrópolis-Sesc, Santana, São Caetano, Jardim Ipê e Antônio de Carvalho Presidente Vargas.

Ainda não houve um retorno por parte da empresa.

Adamo Bazani, jornalista especializado em transportes

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Deixe uma resposta