Greve de ônibus continua em Goiânia e Região Metropolitana na manhã deste domingo (20)

Ônibus em Goiânia (foto arquivo)

Somente a Metrobus, que é pública, funciona. Trabalhadores reclamam do não pagamento do 13º salário e os atrasados de novembro

ADAMO BAZANI

A greve de motoristas e demais funcionários do transporte coletivo de Goiânia e região metropolitana continua neste domingo, 20 de dezembro de 2020.

A paralisação começou no sábado (19) e afeta as quatro concessionárias privadas: Cootego, HP, Rápido Araguaia e Reunidas.

A Metrobus, que é empresa pública e opera o eixo em corredores, funciona normalmente.

Os trabalhadores reclamam do não pagamento do 13º salário e os atrasados de novembro.

Uma reunião às 10h entre a Companhia Metropolitana de Transportes Coletivos (CMTC) e o Sindicato das Empresas de Transporte Coletivo Urbano e Passageiros da Região Metropolitana de Goiânia (SET) vai tentar encontrar uma alternativa.

No sábado, foi realizado um encontro, mas não houve acordo.

As viações sugeriram que que a prefeitura de Goiânia realize a adesão ao plano emergencial de custeio do transporte coletivo, homologado em agosto pela Justiça.

A Assessoria do SET enviou Nota ao Diário do Transporte:

NOTA À IMPRENSA

Na manhã deste domingo, o Sindicato das Empresas de Transporte Coletivo Urbano e Passageiros da Região Metropolitana de Goiânia (SET), e seu presidente Adriano Oliveira além de representantes das empresas Cootego, HP Transportes, Rápido Araguaia e Viação Reunidas, se reuniram com a Companhia Metropolitana do Transporte Coletivo (CMTC) e seus diretores, em busca de uma solução para a manutenção da operação da Rede Metropolitana do Transporte Coletivo (RMTC).

Infelizmente não houve entendimento. A proposta apresentada pelo poder público é ilegítima. “O que foi proposto vai deixar o problema de 2020 para a próxima gestão da administração municipal, sem trazer qualquer solução imediata”, alerta o presidente do SET, Adriano Oliveira. 

As empresas fizeram uma única reivindicação à prefeitura, que ela fizesse a adesão ao Plano Emergencial do Governo do Estado ou que apresentasse um plano emergencial substituto, o que está determinado na ação movida pelo Ministério Público do Estado de Goiás (MP-GO). “Só temos um pleito, o cumprimento da ação judicial que foi decidido pelo Supremo Tribunal Federal (STF) recentemente”, defende Oliveira. 

Em relação aos trabalhadores, as empresas terão uma reunião com seus funcionários agora de tarde quando devem apresentar uma proposta de composição para que o movimento possa ser suspenso nesta segunda-feira.

Sindicato das Empresas de Transporte Coletivo Urbano e Passageiros da Região Metropolitana de Goiânia (SET)


Adamo Bazani, jornalista especializado em transportes

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Assine

Receba notícias do site por e-mail

Comentários

Comentários

  1. Divina Sílva Silva disse:

    Bom dia alguma data para retorna somos simples e precisanos trabalha

  2. Luís Sabino disse:

    Uma solução simples, é só liberar as vans escolares que logo logo as empresas de ônibus voltam rapidamente,

  3. Eurivone Alves de Sousa Rodrigues disse:

    Esse ônibus só anda lotados e atrasado a linha 015 além de ser reduzido só anda lotado e atrasado e o circular br153 só lotado e fora do horário dele .
    Será que vai ter melhoras no trás porte coletivo 🤨😡

  4. nada disse:

    e uma pouca vergonha quando os empresários enche os bolso deles de dinheiro os citado dos motorista fica trabalhando nua situação precária tem que fica de greve mesmo e deixa eles pra ele ter vergonha na cara

  5. Amós marques da silva disse:

    O passageiro é o ÚLTIMO a ser procurado quando se trata de uma situação dessas. Quem é o maior interessado em ter este serviço essencial FUNCIONANDO é o USUÁRIO. Essas EMPRESAS estão á tempo demais OPERANDO no SISTEMA. Já tinham que ter SAÍDO HÁ muito TEMPO.

  6. O Povo Não Aprende
    Temos Que Tirar A Editariedade De Policos, tanto Na Prefeitura, Como Nas Câmaras de vereadores, No Governo Estadual, Na Assembleia Legislativa, no Congresso e se For O Caso ,Até No Governo Federal.
    Aí Mudaresmos o Destino Das Novas Gerações
    Votem Para Seus Filhos e Netos .
    Só Assim Teremos UM País Com Policos Atendem Novas Reencarnações e Pensado No Povo brasileiro.
    PRÉ CANDIDATO A DEPUTADO FEDERAL
    MARCO ANTONIO COSTA CACIQUINHO
    MARCO PELAS ESTRADAS DA VIDA.

Deixe uma resposta