Após operação contra fraude em licitação, Mato Grosso suspende classificação de empresas de ônibus intermunicipais

Agentes do MT em um dos endereços alvos da operação

Os mercados suspensos tinham como vencedoras as empresas Rio Novo Transportes (Grupo Xavante), Viação Araés (Grupo Xavante), AM Transportes e Verde Transportes

ADAMO BAZANI

A Sinfra/MT (Secretaria de Estado de Infraestrutura e Logística de Mato Grosso) publicou nesta sexta-feira, 18 de dezembro de 2020, a suspensão da classificação de empresas de ônibus em parte da licitação dos transportes intermunicipais.

A medida ocorre em cumprimento à decisão do Desembargador Marcos Machado, responsável pelo processo da Operação Rota Final, contra supostas fraudes na concorrência de concessão do sistema.

Na última quarta-feira (16), o Grupo de Atuação Especial contra o Crime Organizado no Estado de Mato Grosso, do Ministério Público, cumpriu mandados de busca e apreensão em Cuiabá e Barra do Garças.

Foi a segunda etapa da operação. A primeira etapa foi deflagrada em abril de 2018.

As investigações começaram em 2015.

O MP identificou a participação de deputados estaduais, agentes públicos e empresários do setor de transporte coletivo e rodoviário intermunicipal de passageiros.

Foram suspensas as classificações das empresas Rio Novo Transportes (Grupo Xavante), Viação Araés (Grupo Xavante), AM Transportes e Verde Transportes nos seguintes mercados do sistema que foi dividido pelo governo estadual em oito áreas:

MIT 3 (Barra do Garças) – Lote I (categoria básica) – Rio Novo Transportes (Grupo Xavante)

MIT 3 (Barra do Garças)  – Lote II (categoria diferenciada) – Viação Araés (Grupo Xavante)

MIT 4 (São Félix do Araguaia) – Lote I (categoria básica) – Rio Novo Transportes

MIT 7 (Alta Floresta) – Lote I (categoria básica) – Verde Transportes

MIT 8  (Sinop) – Lote I (categoria básica) – Verde Transportes

MIT 8 (Sinop) – Lote II (categoria diferenciada) – AM Transportes

Os demais lotes e mercados permanecem sem alteração.

As empresas de ônibus podem recorrer da decisão para tentarem retomar os mercados.

Adamo Bazani, jornalista especializado em transportes

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Informe Publicitário
Assine

Receba notícias do site por e-mail

Comentários

Comentários

  1. vagligeiro disse:

    Expectativa: faz licitação e “todo mundo opera certinho”.
    Realidade: faz licitação, ganha “amigos”, perde “inimigos”, que viram “clandestinos” e aí a história já sabem.

  2. Cleiton mendonça disse:

    Olá essa questao de licitação fraldulentas já é antiga em muitas empresas no detran ms de campo grande já faz tempo que é assim principalmente na área da segurança privada onde as licitações são compradas

Deixe uma resposta