ANTT apreende dois ônibus em operação contra transporte clandestino em Campos dos Goytacazes (RJ)

Um dos veículos estava a serviço da plataforma Buser

ALEXANDRE PELEGI

A equipe de fiscalização da ANTT realizou em Campos dos Goytacazes, no Rio de Janeiro, mais uma etapa da Operação Pascal, de combate ao transporte interestadual clandestino de passageiros.

A ação ocorreu nos dias 11, 12 e 13 de dezembro de 2020, e resultou em 7 apreensões em virtude de serviço não autorizado (clandestino Res. ANTT 4287/14).

No total 30 veículos foram fiscalizados afetando 900 passageiros. Desses, 210 foram transferidos para serviços autorizados.

Foram apreendidos dois ônibus, duas vans e três carros de passeio.

Dessas apreensões, uma ocorreu no dia 11, duas no dia 12 e quatro no dia 13 de dezembro.

Um dos ônibus apreendidos, segundo a fiscalização da ANTT, realizava viagem em circuito aberto, sem autorização, contratado pela plataforma Buser. Os passageiros continuaram a viagem em empresa legalizada após intervenção da equipe da ANTT.

O Diário do Transporte solicitou posicionamento da Buser a respeito da apreensão e aguarda resposta para publicação neste espaço.

Os roteiros executados pelos veículos apreendidos eram os seguintes:

Vila Velha/ES para Campos dos Goytacazes – 11/12

Macaé/RJ para Vila Velha/ES – 12/12

Rio de Janeiro/RJ para Vitória/ES- 12/12

Macaé/RJ para Vitória/ES – 13/12

Rio de Janeiro/RJ para Itabuna/BA – 13/12

Campos dos Goytacazes/RJ para Vitória/ES – 13/12

Serra/ES para São Paulo/SP – 13/12

VEÍCULO DE PASSEIO E VANS

Durante o procedimento de apreensão do dia 11 de dezembro, o condutor de um veículo de passeio realizando transporte clandestino foi apreendido.

Segundo relato da equipe da ANTT, após receber um telefonema de seu advogado, o condutor se recusou a entregar a chave do veículo para conclusão do procedimento e, já com os três passageiros desembarcados, entrou no carro e tentou fugir. A equipe de fiscalização impediu a fuga e acionou a Polícia Rodoviária Federal, que encaminhou o motorista para a delegacia de Campos dos Goytacazes (134 DP) onde o caso foi registrado.

Dos três passageiros, dois eram menores de idade e estavam sem documentos. A equipe da ANTT acionou o conselho tutelar que acompanhou todo o caso.

Uma Van foi apreendida, mas os responsáveis tentaram embarcar os passageiros em outro veículo do mesmo tipo. Os fiscais, no entanto, relatam que a Van enviada também não possuía autorização da ANTT para o transporte interestadual, além de estar com três pneus carecas. Os dois veículos foram removidos para o depósito da ANTT.

Os fiscais destacam que, apesar de transportarem menos passageiros, veículos como vans e carros de passeio, realizando transporte clandestino, tiram passageiros do transporte regular.

VEJA IMAGENS DA APREENSÃO, ENCAMINHADAS PELA EQUIPE DA ANTT:

Alexandre Pelegi, jornalista especializado em transportes

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Comentários

  1. PAULO CESAR TROMBETA CAVALHEIRO disse:

    Acho incrível a ANTT fazer essas apreensões, mas não vejo NENHUMA a ação dessa autarquia com relação as empresas de ônibus de transporte regular.
    Moro em São José dos Campos e o que passa de ônibus velho não é brincadeira! Principalmente da Itapemirim. Lamentável.

  2. Juares disse:

    Isso mesmo tem acabar com estes ônibus clandestinos mesmos parabéns para ANTT e toda polícia tambem

  3. José Francisco Alves disse:

    Quero aqui desde já parabenizar toda PF.
    por esta apreensão . E digo mais há PF dos estados de MG E BA deveria seguir o exemplo dos colegas e fazer o mesmo por aqui .
    Só não sei se vai caber nós pátios os assogueiros que com certeza serão apreendidos .
    Pois isso precisa ser acabado .
    Quer rodar fode direito com MOTORISTA RESPONSÁVEIS e carros em condições de rodar pois nas estradas estes inresponcaves não podem continuar .

Deixe uma resposta para PAULO CESAR TROMBETA CAVALHEIRO Cancelar resposta