Ministério Público entra com ação para a cidade do Rio de Janeiro volte a adotar medidas de isolamento

Pedido engloba todos os meios de transportes públicos. Foto: Divulgação VLT Rio

Entre as medidas, está a restrição da ocupação em 50% da capacidade dos veículos de transporte público

WILLIAN MOREIRA

O MP-RJ (Ministério Público do Rio de Janeiro) e a Defensoria Pública do Estado ingressaram com uma Ação Civil Pública nessa sexta-feira, 11 de dezembro de 2020, para que a prefeitura do Rio de Janeiro retome ações de isolamento social na pandemia.

O prazo pedido na ação é de 24 horas após a notificação para que, entre as medidas, sejam seguidas as orientações da área do Comitê Científico como a diminuição da lotação máxima nos ônibus comuns, BRT e VLT, chegando ao máximo de 50% da capacidade.

Uma multa no valor de R$ 50 mil é pedida para Marcelo Crivella, caso seja descumprida a determinação da justiça.

Até o momento, não houve decisão judicial.

Willian Moreira em colaboração especial para o Diário do Transporte

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Assine

Receba notícias do site por e-mail

Comentários

Deixe uma resposta