Rodoviários do transporte coletivo na Grande Recife (PE) podem entrar em greve na quarta-feira (16)

Greve será realizada caso as empresas não iniciem o pagamento do retroativo e retornem os cobradores para os postos de trabalho. Foto: Divulgação.

Categoria realizará duas assembleias para definir se haverá paralisação

WILLIAN MOREIRA

O Sindicato dos Rodoviários do Recife e Região Metropolitana, no Pernambuco, iniciaram uma convocação para a assembleia de greve que será realizada na próxima quarta-feira, 16 de dezembro de 2020.

Os trabalhadores se queixam da falta do cumprimento de um acordo definido em 23 de novembro, que encerrava as jornadas de dupla função, retornando assim os cobradores ao trabalho em todos os ônibus de Recife e Região Metropolitana.

De acordo com o sindicato, as demissões continuam e o reajuste de 2,64% no salário e ticket alimentação retroativo a julho de 2020 não foram pagos pelas empresas como combinado. Por este motivo, em 09 de dezembro, representantes da entidade compareceram nas garagens de Caxangá, Metropolitana, Pedrosa e Transcol, para verificar as irregularidades quanto ao que foi acordado.

Com isso, foi convocada uma assembleia para o dia 16 de dezembro, em duas chamadas, onde será discutida a possibilidade de uma greve a ser iniciada na sequência, caso as empresas não iniciem o pagamento do retroativo e retornem os cobradores para os postos de trabalho.

Veja abaixo o comunicado sindical:

Willian Moreira em colaboração especial para o Diário do Transporte

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Deixe uma resposta