Paralisação de ônibus em Guarulhos, Arujá e região pega passageiros de surpresa nesta quinta (03)

Terminais estiveram vazios

 Parcelamento do 13º foi o motivo

ADAMO BAZANI

Passageiros de ônibus de Guarulhos, Arujá e região encontraram dificuldades no início desta quinta-feira, 03 de dezembro de 2020, por causa de uma paralisação de motoristas e demais funcionários do sistema.

Os veículos atrasaram em mais de duas horas a saída das garagens.

Os profissionais reclamam de parcelamento do 13º salário proposto pelas viações aos trabalhadores que estão em casa.

As empresas alegam que tiveram queda de demanda pela pandemia, prejudicando a arrecadação.

De acordo com os plantões das garagens, por volta de 05h30, os primeiros veículos começaram a sair para as ruas, mas ainda em quantidade insuficiente.Os primeiros veículos foram os metropolitanos (EMTU).

Às 06h30, passageiros de linhas municipais de Guarulhos ainda relatavam que os ônibus não estavam passando.

Por volta 07h30, a maioria dos ônibus já estava em circulação.

Adamo Bazani, jornalista especializado em transportes

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Comentários

  1. Rubens disse:

    “Queda de demanda”…Onde moro em Guarulhos e só pego ônibus lotado, impossível de manter distanciamento. Na verdade pandemia é uma muleta para dar desculpas.

    1. JOSÉ LUIZ VILLAR COEDO disse:

      Concordo ! Moro no Jaçanã, ZN de SP/SP e vejo os Ônibus da EMTU – Consórcio INTERNORTE , sempre cheios! Mesmo nesses tempos de PESTE desse COVID -19 MALDITO! No mínimo os veículos ja passam pra LÁ e pra ca com LOTAÇÃO DE BANCOS! POR ISSO …é que os CLANDESTINOS VOLTARAM ! ASSIM COMO NOS MEADOS DOS ANOS 90!

    2. JOSÉ LUIZ VILLAR COEDO disse:

      As Linhas a que me refiro sao as que vem de Guarulhos para SP/SP – Metrôs TUCURUVI, TIETÊ E PARADA INGLESA!

  2. Jurandir felix disse:

    Isso é uma vergonha em época de pandemia fazem greve uma falta de consideração aos passageiros e quando o ônibus passa no ponto passa lotado cadê as autoridades para Vê isso

  3. Celina Lima disse:

    A linha que eu pego então todos os dias esta de greve , 812 – Carmela . Sempre lotada nunca tem horarios . A pandemia foi so desculpas para falar que a linha esta reduzida .

  4. Lucineide Ribeiro disse:

    Acho uma falta de respeito com o povo trabalhador, que não tem outra opção de transporte.

  5. jailton disse:

    Esse prefeito achou uma forma de ganhar dinheiro , apos ter feito as empresas mandar todos os cobradores embora e ter apenas 40% dos ônibus rodando ,porque assim ela diminui o subsidio e coloca no bolso dele , quando menos ônibus maior e a aglomeração e ainda quer pagar em parcelas os direito dos trabalhadores !

    1. Izilda Paganotti disse:

      Boa tarde ..minha opinião prefeito vc vai continuar ..então cumpra com suas obrigaçãoes coloca Guarulhos em ordem começando pelo transporte e saúde é prioridade….ok

  6. Adriana disse:

    todos os dias. Corro risco de pegar o Covid 19 por conta da aglomeração dentro dos ônibus. Idosos nunca vi tanto idosos dentro do ônibus e até sem máscaras . Façam uma reportagem nesta linha em horário de pico pra vcs verem e até fora do horário tbm bonita notar ônibus vazio.

  7. Alessandro disse:

    Linha 552 Santos Dumont/Armênia só anda lotada socorroooooooooooooooo

  8. Entendo que seja direito dos motoristas protestarem, a culpa é dos donos das empresas de transporte e do prefeito, contudo é uma vergonha o valor da tarifa de ônibus que pagamos, um roubo a mão armada (R$ 7,55), para as péssimas condições de transporte dos clientes, ônibus lotados, muitos deles tem goteiras ou fissuras por onde entram água, o intervalo entre os coletivos é muito grande, além de que uma linha expressa que é bem viavel na nossa região so passava 02 vezes pela manha, antes da pandemia, e agora nem isso (522) GUARULHOS (JARDIM CUMBICA/PARQUE BRASILIA) / SAO PAULO (METRO ARMENIA)
    VIA RODOVIA AYRTON SENNA.

  9. Beatriz Fonseca disse:

    Poderiam avisar né. Assim o povo que depende do transporte público. Já se programa como vai fazer no dia da greve…. Falta de respeito com as pessoas.

Deixe uma resposta