Guarujá (SP) instala barreiras para impedir acesso de ônibus e vans de turismo

Instalação teve início nesta quinta (03). Foto: Divulgação / Prefeitura de Guarujá.

Bloqueios vão funcionar 24 horas e estão montados em seis pontos, incluindo as travessias de balsas de Santos e Bertioga

JESSICA MARQUES

A Prefeitura de Guarujá, no Litoral Paulista, começou a instalar barreiras para impedir o acesso de ônibus e vans de turismo na cidade.

Segundo a administração municipal, as barreiras rodoviárias começaram a ser montadas nesta quinta-feira, 03 de dezembro de 2020.

O funcionamento das barreiras será 24 horas. As barreiras estão montadas em seis pontos de acesso à cidade, em ligações com a Rodovia Cônego Domenico Rangoni e nas travessias de balsas de Santos e Bertioga.

Há bloqueios na Avenida Vereador Lydio Martins Corrêa (acesso à Enseada e Morrinhos), na Avenida Tancredo Neves (acesso ao bairro Cachoeira), Rodovia Cônego Domenico Rangoni, Avenida Santos Dumont (em frente à UPA da Rodoviária).

A fiscalização vai ficar a cargo da Diretoria Municipal de Transporte Público, com apoio da Guarda Civil Municipal e das diretorias de Trânsito e Força-Tarefa.

Segundo a Prefeitura, a emissão de licenças para a entrada desses veículos na Cidade está suspensa, conforme as medidas tomadas após a reclassificação da Baixada Santista para a fase amarela do Plano São Paulo, criado pelo Governo do Estado para restringir o funcionamento das atividades comerciais durante a pandemia da Covid-19.

“A autorização somente poderá ser concedida para serviços essenciais ou necessidades inadiáveis da população local. O veículo que for pego irregularmente pode ser apreendido e o responsável terá que pagar uma multa no valor de R$ 5.205,00, conforme decreto municipal. Para denúncias e informações, o contato é a DTP, pelo telefone (13) 3384-5888”.

Jessica Marques para o Diário do Transporte

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Deixe uma resposta