Vendas de ônibus têm queda acumulada de 32,68%, segundo a Fenabrave

Chassis Mercedes-Benz são os mais vendidos. Foto: Divulgação / VIPE.

Levantamento divulgado nesta quarta (02) considera período de janeiro a novembro de 2020

JESSICA MARQUES

As vendas de ônibus no Brasil acumulam uma queda de 32,68%. O levantamento foi divulgado pela Fenabrave (Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores) nesta quarta-feira, 02 de dezembro de 2020.

O resultado considera o período de janeiro a novembro de 2020, quando foram vendidos 16.668 ônibus. Nos 11 primeiros meses do ano passado, foram comercializadas 24.759 unidades.

Na comparação de novembro com o mesmo mês de 2019, a queda foi de 21,76%, passando de 2.229 para 1.744 veículos vendidos, ainda de acordo com a federação. Comparando com outubro deste ano, a queda fica em 5,32%.

“O segmento de ônibus vem sendo prejudicado pela queda no faturamento das empresas de transporte de passageiros, provocada pela pandemia. A produção também sofre com falta de insumos e componentes”, analisou o presidente da Fenabrave, Alarico Assumpção Júnior.

No ranking histórico, tanto o mês de novembro como o acumulado do ano estão na 13ª colocação, entre todos os meses de novembro, para o mercado de ônibus.

PARTICIPAÇÃO DE MERCADO

A Mercedes-Benz segue liderando o mercado de ônibus, tanto no acumulado do ano quanto considerando apenas o mês de outubro. Em segundo lugar está a Volkswagen Caminhões e Ônibus.

Confira o ranking divulgado pela Fenabrave, na íntegra:

Jessica Marques para o Diário do Transporte

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Deixe uma resposta