Transporte coletivo em Conselheiro Lafaiete (MG) entra em greve novamente

Foto: C. Junior/Ônibus Brasil

Empresa Viação Presidente não teria cumprido promessa de efetuar parte dos pagamentos na segunda (30)

WILLIAN MOREIRA

Poucos dias após encerrar uma paralisação, os trabalhadores do transporte coletivo na cidade mineira de Conselheiro Lafaiete interromperam novamente as atividades nesta terça-feira, 01 de dezembro de 2020, reivindicando o pagamento de direitos em atraso. Relembre: Conselheiro Lafaiete (MG) amanhece sem transporte coletivo

Na quinta-feira (26), a empresa e o sindicato haviam chegado a um acordo onde ficou definido que na segunda-feira da semana seguinte, 30 de novembro, seria paga a primeira parcela do 13º salário, o que não aconteceu.

Segundo o SINTTROCOL (Sindicato dos Trabalhadores em Transportes Rodoviários de Conselheiro Lafaiete), a prefeitura e a Viação Presidente foram notificados da paralisação.

Novas negociações devem ser iniciadas para buscar o fim da greve e retomar o atendimento.

A Viação Presidente, por sua vez, alega estar com dificuldades financeiras, o que foi agravado durante a pandemia com uma redução drástica da demanda de passageiros.

A situação é recorrente.

Os trabalhadores cruzaram os braços em 29 de julho deste ano cobrando o pagamento de salários atrasados. Relembre: Transporte coletivo de Conselheiro Lafaiete (MG) entra em greve

Segundo informações de sites locais, os funcionários da empresa estavam sem receber os salários do mês de junho e julho, com a Presidente alegando dificuldades financeiras causadas pela pandemia.

Já a Prefeitura de Conselheiro Lafaiete anunciou que pretende realizar uma nova licitação em 2021 para contratar uma empresa que ofereça um melhor serviço de transporte coletivo.

Willian Moreira em colaboração especial para o Diário do Transporte

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Deixe uma resposta