Governo Federal libera “monotrilho” entre o Aeroporto de Guarulhos e a linha 13-Jade da CPTM

Trem da linha 13-Jade

Ministro Tarcísio de Freitas enviou ofício à Anac autorizando a inclusão do people mover nos investimentos da GRU Airport

ADAMO BAZANI

O Ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas, enviou nesta quinta-feira, 26 de novembro de 2020, oficio à ANAC (Agência Nacional de Aviação Civil) autorizando que a construção de um people mover (parecido com um monotrilho) entre nas obrigações da GRU Airport.

Assim, fica liberada a construção do meio de transporte ferroviário entre a linha 13 Jade da CPTM (Companhia Paulista de Trens Metropolitanos) e os três terminais de passageiros do Aeroporto Internacional em Guarulhos, na Grande São Paulo.

A informação foi antecipada pela Folha de S. Paulo e confirmada pelo Diário do Transporte junto à STM – Secretaria dos Transportes Metropolitanos de São Paulo.

Por meio de nota na manhã desta sexta-feira, 27 de novembro de 2020, o secretário de Transportes Metropolitanos, Alexandre Baldy, considerou a ligação uma conquista junto ao Governo Federal

“A conquista de um modal que ligará a Estação Aeroporto da CPTM aos terminais de Guarulhos é de todos os cidadãos que vivem e passam por São Paulo. Desde o meu primeiro dia de gestão que trabalhamos incansavelmente para atender a essa demanda tão importante, que coloca São Paulo no patamar de integração e de mobilidade dos maiores países do mundo”, ressaltou Baldy. “A diretriz do Governador João Doria é que tenhamos soluções criativas para todos os desafios que enfrentamos e seguimos à risca com essa orientação diariamente”, frisou o secretário.

O governador de São Paulo, João Doria, anunciou em 28 de maio de 2019 que a linha 13 Jade da CPTM seria ligada aos terminais por meio de um meio de transporte que tem semelhança com o “monotrilho”.

As obras estavam previstas para iniciar em setembro de 2019 e, pela promessa, deveriam ser entregues em maio de 2021, segundo o governador. Entretanto, Doria chegou a afirmar que as obras ficariam prontas em dezembro de 2020.

O governo do Estado de São Paulo diz ainda que os investimentos de implementação serão de R$ 175 milhões, de responsabilidade da Gru Airport. O valor será abatido da outorga do aeroporto que a empresa paga pela concessão.

A extensão será de 2,6 km com ambas vias acessadas simultaneamente pelos passageiros. Serão quatro paradas (estação CPTM, terminal 1, terminal 2 e terminal 3). O tempo de trajeto será de seis minutos, de acordo com o anúncio.

Como mostrou o Diário do Transporte, o governador de São Paulo, João Doria, disse no início da tarde desta quinta-feira, 22 de outubro de 2020, que pode entrar na Justiça caso o Governo Federal não “cumpra com o compromisso” de conceder o desconto na outorga de concessão do Aeroporto em Guarulhos para compensar os investimentos necessários para a construção de uma ligação por “people mover” entre a linha 13-Jade da CPTM e os terminas 1,2 e 3 do aeroporto.

Relembre: https://diariodotransporte.com.br/2020/10/22/doria-ameaca-ir-a-justica-caso-nao-haja-definicao-sobre-o-people-mover-entre-linha-13-da-cptm-e-aeroporto-de-guarulhos/

 

Adamo Bazani, jornalista especializado em transportes

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Comentários

  1. Robson disse:

    Qualquer ligaçao do aeroporto para sao paulo, não beneficia os moradores de Guarulhos e sim usuarios do aeroporto que só vão passar pela cidade.Porque não ha nenhuma obra para interligar os bairros?

Deixe uma resposta