Manaus prorroga decreto e praia da Ponta Negra seguirá interditada até fim do ano

Linhas de ônibus com destino ao complexo turístico Ponta Negra irão permanecer sem acréscimo de frota nos finais de semana, para evitar a ida de pessoas ao balneário. Foto: Divulgação.

Medida é considerada necessária pelo prefeito, devido ao aumento no número de casos de Covid-19

JESSICA MARQUES

O prefeito de Manaus, Arthur Virgílio Neto, prorrogou o prazo de interdição da praia do complexo turístico Ponta Negra, na zona Oeste. O espaço seguirá fechado ao público até o dia 31 de dezembro deste ano.

Conforme informado pela Prefeitura, em nota, a medida busca evitar aglomerações no espaço e conter o avanço do novo coronavírus na cidade. O Decreto nº 4.942 foi publicado no Diário Oficial do Município (DOM) do dia 17 de novembro de 2020 com a determinação.

Segundo o prefeito de Manaus, Arthur Virgílio Neto, a medida de manter o complexo turístico fechado é necessária, tendo em vista o número de casos que ainda são registrados. “É uma medida desagradável, mas necessária, para evitar que mais pessoas corram o risco de contágio pelo novo coronavírus, que já mostrou que não está para brincadeira. Não é hora de baixar a guarda, o vírus ainda circula e precisamos evitar aglomerações”, afirmou o prefeito, em nota.

Ainda de acordo com a Prefeitura, o complexo turístico Ponta Negra foi interditado pela primeira vez em março deste ano, quando os primeiros casos da Covid-19 foram confirmados em Manaus, e reaberto em julho, quando houve uma baixa nos números de casos da doença. Em setembro, com nova alta, o espaço voltou a ser interditado.

“Os oito pontos de acesso à praia da Ponta Negra estão isolados e guardas municipais seguirão atuando no local orientando os frequentadores”, detalhou a administração municipal.

TRANSPORTE COLETIVO 

Segundo o IMMU (Instituto Municipal de Mobilidade Urbana), linhas de ônibus com destino ao complexo turístico Ponta Negra irão permanecer sem acréscimo de frota nos finais de semana, para evitar a ida de pessoas ao balneário. No entanto, as linhas continuam operando, normalmente no local, para manter o atendimento aos que residem e trabalham nas imediações.

Além disso, as linhas de ônibus serão mantidas aos finais de semana, obedecendo frota operacional determinada pelo IMMU. São elas: 120 – Ponta Negra / T1 / Centro; 450 – Ponta Negra / T3 / Redenção; 678 – Ponta Negra / V-8 / T5-T4; e 641 – Ponta Negra / Aeroporto / T4-T3. Em relação às linhas de acesso aos balneários do Tarumã, como a 126 – Sipam / avenida Brasil / T1 / Centro (8 ônibus) e 003 – Ponta Negra / Marinas (1 ônibus), estas não serão interrompidas.

Jessica Marques para o Diário do Transporte

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Deixe uma resposta