Melhorias na Linha 12-Safira diminuem tempo de viagem e rendem prêmio de inovação para a CPTM

Linha 12 Safira; Foto: Divulgação STM

Redução de 10 minutos possibilitou à Companhia alterar os intervalos de pico entre os trens, passando de seis para cinco minutos e meio

ALEXANDRE PELEGI

A Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM) venceu a oitava edição do prêmio Inova Cidade 2020, promovido pelo Instituto Smart City Business America.

O motivo da premiação foi o projeto inovador de melhorias da Linha 12-Safira, que liga as estações Brás, no centro da capital paulista, à Estação Calmon Viana, no município de Poá.

Com 13 estações que atravessam a zona leste de São Paulo e municípios do Alto Tietê, a linha tem 78 quilômetros de extensão (ida e volta).

Em comunicado a CPTM informa que até meados de 2020, a Linha 12-Safira tinha um tempo de percurso de 63 minutos de ponta a ponta. O tempo acima do normal era decorrente de interferências na via e locais com baixo limite de velocidade, o que impossibilitava que a viagem fosse menor.

O presidente da CPTM, Pedro Moro, explica que a redução do tempo de viagem é uma reivindicação antiga – e justa – dos passageiros que utilizam essa linha. “Trata-se de uma linha sinuosa, o que tornava necessárias reduções de velocidade para garantir a segurança das viagens”, explica o presidente.

A partir de 2019 foram feitos vários estudos que mostravam que seria possível aumentar a velocidade em alguns trechos.

Tais estudos, realizados por um grupo de trabalho que analisou todos os trechos da linha e planejou as ações a serem implantadas, observaram pontos como as características do percurso, o panorama das velocidades praticadas, uma passagem provisória assistida, além de restrições por cautela (trecho em que é necessária a redução de velocidade) devido a condições da via e a remodelação do traçado.

Com as devidas correções feitas, o tempo de viagem caiu de 63 para 53 minutos, redução de dez minutos nos dois sentidos. Com esse ganho a CPTM pode corrigir a tabela horária, alterando assim os intervalos de pico entre os trens de seis para cinco minutos e meio. Foi o que ocorreu em julho deste ano, dia 20, quando a Companhia divulgou que a Linha teria um trem a mais circulando nos horários de pico, reduzindo em 10% o tempo de intervalo médio.

O prêmio Inova Cidade 2020 consiste no reconhecimento do Instituto Smart City Business America às iniciativas que contribuem para a melhoria da qualidade de vida nas cidades, premiando casos, iniciativas ou projetos que tenham causado impactos positivos mensuráveis e reconhecidos pela sociedade, realizados por administrações públicas, empresas ou organizações sociais.

Alexandre Pelegi, jornalista especializado em transportes

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Deixe uma resposta