Por causa de ato político em garagem, 20 linhas da Viação Grajaú foram prejudicadas no início das operações

Concentração em comício na garagem

Serviço foi normalizado. SPTrans diz que vai penalizar empresa. Em torno de 100 ônibus atrasaram. Não é a primeira vez nesta semana

ADAMO BAZANI

Passageiros de ônibus da zona Sul de São Paulo mais uma vez foram prejudicados devido a campanhas políticas realizadas dentro de garagens na madrugada.

O Diário do Transporte recebeu reclamações de usuários da Viação Grajaú na madrugada desta sexta-feira, 06 de novembro de 2020.

O ato político ocorreu na garagem da Rua Elisia Gonçalves Barcelos, 93, no Grajaú.

A SPTrans confirmou atrasos na saída da garagem entre 4h20 e 5h10. Passageiros de mais de 20 linhas foram prejudicados e cerca de 100 ônibus não deram partida neste intervalo.

A gerenciadora dos transportes, em nota ao Diário do Transporte, informou que a Viação Grajaú vai ser punida.

A SPTrans informa que, no momento, a operação  na garagem da empresa Viação Grajaú localizada na Rua Elisia Gonçalves Barcelos, 93, no Grajaú, está normalizada.  O monitoramento detectou atrasos na saída dos ônibus da garagem das 4h20 às 5h10 desta sexta-feira (04), motivo pelo qual a empresa será penalizada nos moldes do contrato vigente. Cerca de 100 veículos deixaram de sair da garagem no horário programado, prejudicando a operação de 20 linhas de ônibus que atendem bairros da zona Sul como Parelheiros, Grajaú, Cidade Dutra, Residencial Cocaia, Varginha. As equipes de monitoramento e fiscalização da SPTrans seguem acompanhando.

Não é a primeira vez nesta semana que atos da campanha para vereador atrapalham a saída dos ônibus na zona Sul.

Na terça-feira, 03 de novembro de 2020, o atraso pelo mesmo motivo foi na garagem da unidade M Boi Mirim da Viação Metrópole Paulista, também na zona Sul.

Relembre:

https://diariodotransporte.com.br/2020/11/03/onibus-da-metropole-na-zona-sul-de-sao-paulo-atrasam-saida-de-garagem/

Adamo Bazani, jornalista especializado em transportes

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Comentários

  1. William Santos disse:

    O curioso nessa conversa toda é que não vejo o TRE ou a Justiça punir os partidos por fazerem isso. Chega a ser cômico! Dão propostas para melhorar o transporte em SP, mas quando querem, eles mesmos atrapalham os trabalhos.

    1. Marcos Borges disse:

      Verdade.O.TRÊ fica quietinho.Porque será hein?

Deixe uma resposta