Termina greve de ônibus em Natal com acordo entre empresas e trabalhadores

Ônibus urbano em Natal

TRT propôs parcelamento de auxílio alimentação e pagamento integral de plano de saúde

ADAMO BAZANI

Terminou na manhã desta terça-feira, 27 de outubro de 2020, a greve de ônibus em Natal que ocorria desde a sexta-feira da semana passada, como mostrou o Diário do Transporte.

Relembre:

https://diariodotransporte.com.br/2020/10/23/rodoviarios-iniciam-greve-em-natal-nesta-sexta-feira-23-apos-audiencia-com-empresas-fracassar/

Houve acordo entre os trabalhadores e empresários de ônibus com base nas propostas feitas pelo TRT – Tribunal Regional do Trabalho.

Uma audiência intermediada pela desembargadora Maria do Perpetuo Socorro Wanderley de Castro, vice-presidente do Tribunal Regional do Trabalho da 21ª Região (TRT-RN), pôs fim à greve dos motoristas de ônibus de Natal.

De acordo com o TRT, foram propostos o parcelamento de auxílio alimentação e pagamento integral de plano de saúde.

Na audiência, o Sindicato dos Trabalhadores em Transportes Rodoviários (Sintro-RN) e o Sindicato das Empresas de Transportes Urbanos de Passageiros de Natal (Seturn) chegaram a um acordo sobre o pagamento integral do plano de saúde, com reajuste, e de 50% do auxílio alimentação, findando a paralisação de imediato. As negociações quanto às demais cláusulas da convenção seguem, mas sem o comprometimento da oferta do serviço de transporte público à população de Natal. A greve da categoria começou na última sexta-feira (23). As tratativas aconteceram em audiências virtuais de conciliação do dissídio coletivo da categoria no TRT-RN.

Os ônibus voltam a circular com 70% da frota de antes da pandemia de Covid-19, com autorização da prefeitura, o que corresponde a 374 coletivos.

Adamo Bazani, jornalista especializado em transportes

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Deixe uma resposta