Greve de ônibus atinge Vitória e parte da região metropolitana

Ônibus da Tabuazeiro

Trabalhadores da Tabuazeiro e Metropolitana, do mesmo grupo, protestam contra atrasos nos pagamentos

ADAMO BAZANI

Mais uma vez quem depende dos serviços da Viação Tabuazeiro e da empresa Metropolitana, que pertencem ao mesmo grupo empresarial, enfrenta dificuldades por causa de paralisações dos funcionários.

Nesta terça-feira, 27 de outubro de 2020, os trabalhadores cruzaram os braços alegando que não receberam o adiantamento salarial do próximo mês previsto em convenção da categoria, residuais do salário e também o tíquete refeição.

A Viação Tabuzeiro atende em Vitória bairros como Maria Ortiz, República, Mata da Praia, Jardim da Penha, Praia do Canto, Jabour e Grande Vitória.

Já a Metropolitana faz a ligação com Vila Velha e Cariacica.

Como mostrou o Diário do Transporte, o grupo empresarial está em crise, agravada pelos impactos da Covid-19, e no início deste mês desfez de cinco linhas e 20 ônibus para pagar trabalhadores e encerrar uma greve anterior. As paralisações de funcionários têm sido constantes.

Relembre:

https://diariodotransporte.com.br/2020/10/03/viacao-tabuazeiro-em-vitoria-se-desfaz-de-5-linhas-e-20-onibus-para-pagar-funcionarios-e-encerrar-greve/

Adamo Bazani, jornalista especializado em transportes  

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Deixe uma resposta