Obras vão desativar temporariamente mais estações-tubo em Curitiba

Uma das estações-tubo da região - Foto: Cesar Brustolin/SMCS – Imagem apenas ilustrativa

Serão afetadas Guadalupe e Círculo Militar (Tibagi)

ADAMO BAZANI

A partir desta quinta-feira, 22 de outubro de 2020, mais duas estações-tubo serão desativadas temporariamente para obras de demolição e reconstrução da placas de concreto: Estação-tubo Guadalupe (sentido Boqueirão) e Estação-tubo Círculo Militar (Tibagi).

Os trabalhos vão durar aproximadamente 21 dias e o passageiro deve estar atento às alternativas de linhas e paradas provisórias.

A Urbs – Urbanização de Curitiba S.A., responsável pelo transporte municipal da capital paranaense informa como será o esquema:

Estação-tubo Guadalupe (sent. Boqueirão) – desativação

Durante o período de desativação, as linhas 256-BARREIRINHA/GUADALUPE e 505-BOQUEIRÃO/C. CÍVICO deverão realizar embarque e desembarque na Estação-tubo Guadalupe / João Negrão (sentido Boqueirão), conforme mapa abaixo.

Estação-tubo Círculo Militar (Tibagi) – desativação

Durante o período de desativação, as linhas X35-PINHEIRINHO/PREFEITURA e 700-PINHEIRINHO/CABRAL deverão realizar embarque e desembarque na Estação-tubo Círculo Militar / Tibagi (estação-tubo ao lado), conforme mapa abaixo.

PAIOL:

Desde 07 d outubro, as estações-tubo Teatro Paiol, no bairro Prado Velho, em Curitiba, também para trabalhos de substituição das placas de concreto.

Como mostrou o Diário do Transporte, há opções para quem usa as linhas municipais e a linha metropolitana F02 Curitiba/Fazenda Rio Grande (Ligeirinho).

Relembre:

https://diariodotransporte.com.br/2020/10/08/estacoes-puc-e-carlos-gomes-sao-opcoes-durante-as-obras-dos-tubos-da-paiol/

Adamo Bazani, jornalista especializado em transportes

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Comentários

Deixe uma resposta