Prefeitura decreta fim da operação da Viação Bertioga na cidade

Empresa não tem mais o direito de prestar o serviço de transporte coletivo. Foto: Divulgação.

Prefeito Caio Matheus abriu contratação emergencial para nova empresa de transporte público no município

JESSICA MARQUES / WILLIAN MOREIRA

A Prefeitura de Bertioga, no Litoral Paulista, decretou o fim da operação da Viação Bertioga na cidade. A informação foi divulgada pelo prefeito Caio Matheus por meio das redes sociais nesta quarta-feira, 14 de outubro de 2020.

A decisão foi realizada por meio de decreto assinado também nesta quarta. O prefeito informou ainda que abriu uma contratação emergencial para que uma nova empresa de transporte possa operar no município.

“Uma pesquisa de preço já foi disparada para diversas empresas para que elas nos retornem com as propostas de preço para entendermos qual a proposta mais vantajosa para o município com a menor tarifa, e com isso nós possamos o quanto antes fazer uma nova contratação”, afirmou o prefeito.

Além disso, Caio Matheus afirmou que nesta quarta os funcionários foram surpreendidos com um aviso de demissão pelo WhatsApp, com justa causa.

“É evidente que a empresa que vinha a prestar o serviço ela quebrou, essa é a verdade e se quebrou, mandou todo mundo embora, a hora é agora da gente virar essa mesa e colocar uma empresa que preste, que faça um bom serviço para a sociedade, para o trabalhador. Essa empresa [Viação Bertioga] não volta mais”, afirmou o prefeito.

Confira o anúncio, na íntegra:

GREVE

Conforme noticiado pelo Diário do Transporte, os trabalhadores da Viação Bertioga entraram em greve na sexta-feira, 09 de outubro de 2020, reivindicando o pagamento de salários e benefícios. A paralisação estava prevista para ser realizada pelo menos até esta quarta-feira.

Relembre: Greve na Viação Bertioga deve durar até quarta (14), mesmo com liminar do TRT

LICITAÇÃO

Como mostrou o Diário do Tansporte, o Plenário do TCE – Tribunal de Contas do Estado de São Paulo manteve suspensa a licitação que pode definir a contratação de uma nova empresa de ônibus urbanos na cidade de Bertioga.

A decisão foi publicada oficialmente no dia 03 de setembro de 2020, com base na representação contra o edital feita pelo advogado Ericson da Silva, pela Nova Esperança Locadora de Veículos Ltda e pela Vancel Transportadora Turística Eireli. Não há data para relançamento da licitação.

Relembre: Plenário do TCE mantém suspensa licitação dos ônibus de Bertioga (SP)

JUSTA CAUSA

O sindicato dos trabalhadores em transportes rodoviários de Santos e região informou, em nota, que tenta reverter a justa causa dos motoristas e demais empregados da Viação Bertioga demitidos nesta quarta-feira, 14 de outubro de 2020.

Leia mais: Sindicato tenta reverter justa causa em demissões feitas pela Viação Bertioga

Jessica Marques para o Diário do Transporte

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Comentários

  1. Antônio de souza disse:

    Nem uma empresa vai aguentar concorrer com os perueiros aqui em bertioga.resultado atraso de salários e falência das empresas

Deixe uma resposta para Antônio de souza Cancelar resposta