CPTM prorroga consulta pública para serviço de reperfilamento de trilhos

Publicado em: 3 de outubro de 2020

Usuários sentem o resultado do trabalho na redução de ruído e na maior suavidade no deslocamento das composições. Foto: Diário do Transporte

Processo remove defeitos de superfície causados pelo desgaste natural com o decorrer do tempo, o uso e o efeito das intempéries. Contrato terá duração de 60 meses e abrange todas as linhas da Companhia

ALEXANDRE PELEGI

A Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM) prorrogou por mais 30 dias a Consulta Pública destinada a obter contribuições e manifestações quanto à viabilidade e disponibilidade do mercado em fornecer, por contrato de prestação serviço, o serviço de reperfilamento dos trilhos. O serviço poderá ser realizado com veículo ferroviário de fresamento ou esmerilhamento mecanizado.

A data para apresentação de proposta passa a contar a partir do dia 06 de outubro de 2020.



O serviço de reperfilamento dos trilhos da via permanente tem como objetivo restaurar o perfil, buscando remover defeitos de superfície causados pelo desgaste natural com o decorrer do tempo, o uso e o efeito das intempéries.

Como resultado há um melhor contato entre as rodas dos trens e os trilhos, além do aumento da vida útil da via.

Os usuários sentem o resultado do trabalho na redução de ruído e na maior suavidade no deslocamento durante a circulação das composições.

De acordo com o Edital, o veículo deverá ter capacidade para circular em todas as linhas da Companhia.

A duração do contrato não deverá ser superior a 60 meses, e o serviço será executado em bitola 1.600 mm.

O equipamento deverá ter disponibilidade mínima de 90 horas mensais para a execução do serviço, o que precisará ser compatibilizado com a disponibilidade de horários da CPTM.



Alexandre Pelegi, jornalista especializado em transportes

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:

Deixe uma resposta