CPTM inaugura seis espaços para acolher vítimas de abuso sexual

Publicado em: 1 de outubro de 2020

Estação Pirituba está entre as que receberão o espaço. Foto: Divulgação.

Total agora está em 29 salas, segundo a companhia

JESSICA MARQUES

A CPTM (Companhia Paulista de Trens Metropolitanos) inaugura nesta quinta-feira, 1º de outubro de 2020, seis espaços para acolher vítimas de abuso sexual.

Com as novas salas do chamado Espaço Acolher, a companhia agora disponibiliza 29 locais para acolhimento. Ao todo, são 35 previstos para todo o ano de 2020.

Os locais têm como objetivo dar atendimento humanizado e com privacidade a mulheres vítimas de violência ou importunação sexual nos trens e estações da companhia.

As estações Pirituba (Linha 7-Rubi), Barueri (Linha 8-Diamante), Jurubatuba (Linha 9-Esmeralda), Suzano e Mogi das Cruzes (Linha 11-Coral), além da Estação Luz (Linhas 7 e 11) agora recebem os novos espaços.

Além das salas recém-inauguradas, a CPTM possui Espaços Acolher nas seguintes estações:

• Linha 7-Rubi – Vila Aurora, Franco da Rocha, Francisco Morato e Várzea Paulista;

• Linha 8-Diamante – Osasco, Jandira e Carapicuíba;

• Linha 9- Esmeralda – Hebraica-Rebouças, Villa-Lobos – Jaguaré e Pinheiros;

• Linha 10-Turquesa – Santo André, Rio Grande da Serra e Tamanduateí;

• Linha 11-Coral – Ferraz de Vasconcelos, Guaianases, José Bonifácio e Bom Bosco;

• Linha 12-Safira – São Miguel Paulista;

• Linha 13-Jade – Aeroporto Guarulhos.

E nas estações de integração Brás (Linhas 7-Rubi, 10-Turquesa, 11-Coral e 12-Safira); Tatuapé (Linhas 11-Coral e 12-Safira), Engenheiro Goulart (Linhas 12-Safira e 13-Jade); e Palmeiras Barra Funda (Linhas 7-Rubi e 8-Diamante).

No primeiro dia de setembro, a CPTM inaugurou cinco destes espaços.

Relembre:

CPTM inaugura cinco espaços para acolher vítimas de abuso sexual nos trens

Jessica Marques para o Diário do Transporte

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:

Deixe uma resposta