Doria entrega viaduto de acesso a Hortolândia (SP)

Publicado em: 29 de setembro de 2020

Governador João Doria junto a pessoas que trabalharam na obra. Foto: Divulgação / ARTESP.

Elevado tem como objetivo facilitar o tráfego na ligação de corredores metropolitanos na região de Campinas

WILLIAN MOREIRA

O governador de São Paulo, João Doria, entregou nesta terça-feira, 29 de setembro de 2020, um novo viaduto que dá acesso à cidade de Hortolândia, no interior de São Paulo.

A obra contou com investimentos de R$ 8,4 milhões na SP-101 e foi conduzida pela concessionária Rodovias do Tietê.

De acordo com o Governo do Estado, o novo elevado será importante para a interligação de linhas do transporte metropolitano que operam nas cidades da região de Campinas.

Ao longo de toda a pandemia, São Paulo não parou. As obras não pararam, continuamos tudo e o resultado aqui está. Estamos inaugurando um conjunto de obras aqui no km 5 da rodovia SP-101. Esse acesso vai agilizar o processo de interligação e ainda é uma obra que vai embelezar a rodovia. Todos ganham: os municípios, os munícipes e os que utilizam a rodovia para logística, transporte, lazer e outras atividades. A liberação do tráfego é imediata e Hortolândia ganha, assim, um novo acesso”, disse o governador na entrega da obra.

Toda a construção foi realizada em dois anos, gerando 80 empregos diretos e 100 indiretos. A via possui 130 metros de extensão, pista de duplo sentido e com faixas de rolamento de 3,50 metros cada, com expectativa de 55 mil veículos por dia.

Willian Moreira em colaboração especial para o Diário do Transporte

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:

Comentários

  1. Sônia Sato disse:

    Agora pra entrar nos bairros como Nossa senhora de Fátima, entre outros não mudaram nada, vai lá ver a merda que virou com aqueles semafóros, tem fila de carro na estrada pra passar na ponte que sai em frente ao presidio, por que não ligaram um acesso na estrada pra entrar direto nos bairros, mand ao prefeito ir lá por volta das 17:30 ver o tempo que leva. péssimo negocio.

Deixe uma resposta