Cinco estações do BRT Rio são alvo de ações criminosas em dois dias

Publicado em: 29 de setembro de 2020

Estação Curicica vandalizada no fim de semana. Foto: Divulgação / BRT Rio.

Desde abril, cerca de 100 estações foram vandalizadas ou furtadas

JESSICA MARQUES

Outras cinco estações do BRT Rio foram alvo de ações criminosas nos últimos dois dias. As estações Curicica, RioCentro e Parque Olímpico foram depredadas e furtadas no fim de semana. Os criminosos quebraram vidros, danificaram o circuito de portas e furtaram um total de 190 metros de cabos elétricos.

Situada no corredor Transcarioca, a estação Curicica teve o vidro da saída da emergência completamente vandalizado. Por sua vez, as estações RioCentro e Parque Olímpico, localizadas no corredor Transolímpica, tiveram 40 e 150 metros de cabos furtados, respectivamente.

De acordo com o BRT Rio, os circuitos das portas de ambas foram danificados. A estação Parque Olímpico ainda teve uma condensadora roubada.

Além disso, um mês e meio após ter sido reformada, a estação Vaz Lobo, no corredor Transcarioca, teve seus cabos elétricos furtados nesta segunda-feira, 28 de setembro de 2020.

No caso da Vaz Lobo, os criminosos levaram 110 metros de fiação da iluminação externa, além de 16 metros de LED azul usados na iluminação interna.

“As obras em Vaz Lobo haviam sido concluídas no dia 13 de agosto. A equipe de Infraestrutura do BRT Rio trabalhou durante a madrugada para que a operação fosse realizada e não houvesse prejuízo aos passageiros. A estação foi a primeira a passar por reformas no corredor Transcarioca”, detalhou o BRT Rio.

Outra que foi alvo dos bandidos foi a estação Merck, também no Transcarioca. Na madrugada desta terça-feira, 29, bandidos furtaram cabos de energia.

“Desde abril, cerca de 100 estações foram vandalizadas e/ou furtadas. Atualmente, o BRT Rio tem um total de 34 estações fechadas por causa desses tipos de crimes. As que foram fechadas em razão da pandemia também acabaram sendo depredadas e não apresentam condições para a reabertura”, informou o BRT Rio, em nota.

Jessica Marques para o Diário do Transporte

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:

Deixe uma resposta