Desligamento da rede de trólebus afeta operação do transporte coletivo da capital paulista

Publicado em: 22 de setembro de 2020

Mudanças serão realizadas durante toda a semana. Foto: Adamo Bazani.

Veículos serão substituídos por ônibus a bateria ou diesel durante intervenções

JESSICA MARQUES

A SPTrans, que gerencia o transporte coletivo por ônibus da capital paulista, informou que o desligamento da rede de trólebus vai afetar a operação nesta semana.

De 22 a 26 de setembro de 2020 (terça a sábado), as linhas 2100/10 Term. Vl. Carrão – Pça. da Sé e 2290/10 Term. São Mateus – Term. Pq. D. Pedro serão operadas por veículos a diesel ou com baterias durante a madrugada, da 1h às 4h.

A mudança ocorre devido ao desligamento da rede de trólebus na Av. Rangel Pestana, entre Av. Celso Garcia e Vd. 25 de Março, Rua do Gasômetro, Rua Piratininga, Largo da Concórdia, Rua Vasco da Gama, Rua Jairo Góis.

Por sua vez, nesta quarta-feira, 23, os trólebus das linhas 408A Machado de Assis – Cardoso de Almeida, 4112/10 Sta. Margarida Maria – Pça. da República e 4113/10 Gentil de Moura – Pça. da República serão substituídos por veículos movidos a diesel e a bateria, da 0h30 às 4h20.

Neste caso, a mudança será para o desligamento da rede de trólebus na Rua Bueno de Andrade, Rua da Glória, Rua do Lavapés e R. Tamandaré, região da Liberdade.

Jessica Marques para o Diário do Transporte

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:

Deixe uma resposta