Rodovias de São Paulo registram queda no numero de acidentes por neblina

Publicado em: 16 de setembro de 2020

Segundo a Artesp, fatores como as campanhas educativas e ações preventivas nas estradas foram essenciais para o resultado. Foto: Divulgação.

Diminuição foi de 16,18%, segundo informações da Artesp

WILLIAN MOREIRA

A Agência de Transporte do Estado de São Paulo (Artesp) divulgou nesta quarta-feira, 16 de setembro de 2020, o resultado de um levantamento sobre o número de acidentes em rodovias paulistas no primeiro semestre, constatando uma redução na quantidade de acidentes em condições de neblina.

A queda foi de 16,18% nos primeiros oito meses em comparação com o mesmo período do ao passado. Segundo a Artesp, fatores como as campanhas educativas e ações preventivas nas estradas foram essenciais para o resultado.

Já os acidentes provocados por fumaça se mantiveram estáveis, com quantidade equivalente a de 2019.

Situações de nevoeiro ocorrem em especial no inverno, onde baixas temperaturas e uma elevação da umidade, criam essas condições que deixam a visibilidade dos motoristas muito baixa. Diferente da fumaça provocada por queimadas, que tem seu pico na época de tempo seco.

Até agosto de 2020, 57 acidentes em neblina foram registrados, ante 68 no mesmo período de 2019. O número de acidentes por fumaça de janeiro a agosto de 2020 e também no mesmo período do ano passado foi sete.

Entre as ações educativas para prevenção deste tipo de acidente, está a vinculação de mensagens nos painéis eletrônicos das rodovias, instalação de faixas em trechos de maior movimento e operações que diminuem a velocidade nestes locais.

Veja abaixo a tabela com os dados de acidentes por neblina:

Acidentes por Neblina 2020

Rodovia

Município

Rodovias Anchieta (SP 150)

Cubatão/São Bernardo do Campo

27

Rodovia dos Imigrantes (SP 160)

Cubatão/Diadema/São Bernardo do Campo/São Vicente

20

Rodovia Cândido Portinari (SP 334)

Brodówski/Jardinópolis

2

Rodovia Otávio Pacheco de Almeida Prado (SP 255)

Jaú

1

Rodovia Marechal Rondon (SP 300)

Botucatu

1

Rodovia Professor João Hipólito Martins (SP 209 – SPA 07)

Botucatu

1

Rodovia Vereador Rubens Leme Asprino (SP 344)

Aguaí

1

Rodovia Prof. Zeferino Vaz (SP 332)

Campinas

1

Rodovia Engenheiro João Tosello (SP 147)

Limeira

1

Rodovia Washington Luís (SP 310)

Cordeirópolis/Corumbataí

2

Total

57

Acidentes por Neblina 2019

Rodovia

Município

Rodovia dos Imigrantes (SP 160)

Cubatão/São Bernardo do Campo/São Vicente

21

Rodovias Anchieta (SP 150)

Cubatão/São Bernardo do Campo

19

Rodovia D. Pedro I (SP 065)

Atibaia/Bom Jesus dos Perdões/Jacareí /Nazaré Paulista

11

Rodovia dos Bandeirantes (SP 348) + SPI 102

Cajamar/Franco da Rocha /Jundiaí/Piracicaba

5

Rodovia Jornalista Francisco Aguirra Proença (SP 101)

Campinas/Hortolândia/Monte Mor

3

Rodovia Comendador Mário Dedini (SP 308)/SPI 162 km

Piracicaba

3

Rodovia Marechal Rondon (SP 300)

Bofete/Conchas

2

Rodovia Professor João Hipólito Martins (SP 209) + SPA Km 007

Botucatu

1

Rodovia dos Tamoios (SP 099)

Paraibuna

1

Rodovia Governador Doutor Adhemar Pereira de Barros (SP 340)

Mogi Mirim

1

Rodovia Deputado Eduardo Vicente Nasser (SP 350)

São José do Rio Pardo

1

Total

68

Acidentes por Fumaça 2020

Rodovia

Município

Anel Viário Prefeito Jamil Bacar

Mogi Mirim

2

Rodovia Governador Doutor Adhemar Pereira de Barros (SP 340)

Campinas/Santo Antônio de Posse

2

Rodovia Dr.Mario Gentil/Dona Leonor Mendes de Barros (SP 333)

Tarumã

1

Rodovia Anhanguera (SP 330)

Sales Oliveira

1

Rodovia Cândido Portinari (SP 334)

Brodówski

1

Total

7

Acidentes por Fumaça 2019

Rodovia

Município

Rodovia dos Bandeirantes (SP 348)

Limeira/São Paulo

2

Rodovia Comandante João Ribeiro de Barros (SP 225)

Pederneiras

1

Rodovia Brigadeiro Faria Lima (SP 326)

Taquaral

1

Rodovia Raposo Tavares (SP 270)

Sorocaba

1

Rodovia Marechal Rondon (SP 300)

Araçatuba

1

Rodovia Ayrton Senna (SP 070)

Itaquaquecetuba

1

Total

7

No caso de neblina ou fumaça, a Artesp passa orientações aos motoristas de como agir. As orientações são as seguintes:

* Neblina

● A velocidade máxima permitida na rodovia é determinada para o tráfego em condições normais. Sob neblina, é recomendável trafegar com a velocidade reduzida;
● Não acione o pisca-alerta em situações de pouca visibilidade e tráfego lento. Ele só deve ser acionado com o veículo parado, preferencialmente em uma área segura;
● Mantenha distância segura do veículo à frente;
● Acenda os faróis baixos – tanto de dia quanto à noite. O farol alto, independente do horário, dificulta a visibilidade pela grande dispersão de luz emitida sob neblina;
● Use a pintura de faixa da pista como referência do caminho a seguir;
● Deixe a janela aberta, ainda que parcialmente, para ouvir eventuais sinais sonoros;
● Deixe o para-brisa limpo;
● Nunca pare na pista.

* Condições de fumaça

● Fechar os vidros do veículo;
● Manter distância segura do veículo da frente;
● Trafegar com farol baixo aceso;
● Não ligar o pisca-alerta com o veículo em movimento;
● Não parar na faixa de rolamento.

Willian Moreira em colaboração especial para o Diário dó Transporte

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:

Deixe uma resposta