Detran-RJ restabelece serviço de emplacamento e reabre unidades

Publicado em: 13 de setembro de 2020

Serviço já está sendo realizado normalmente. Foto: Divulgação / Detran-RJ.

Por conta da pandemia, veículos novos ainda podem circular sem placa

JESSICA MARQUES

O Detran-RJ informou, em nota, que o serviço de emplacamento voltou a funcionar normalmente, após um período de instabilidade no sistema. Assim, os veículos estão sendo emplacados desde sexta-feira, 11 de setembro de 2020.

“O usuário que estava agendado e não conseguiu realizar o serviço nas últimas duas semanas poderá retornar à mesma unidade nos próximos 10 dias úteis, a partir da próxima segunda-feira, 14, sem necessidade de reagendar”, orientou o Detran-RJ.

Em função da pandemia de Covid-19, a Deliberação 185 do Contran (Conselho Nacional de Trânsito) permite que os veículos novos possam circular sem placa.

A medida se aplica a veículos adquiridos a partir do último dia 19 de fevereiro e neste momento de crise não há prazo para terminar. Nesses casos, é necessário que os proprietários andem com a Nota Fiscal de compra do veículo e a sua identidade.

Relembre: Coronavírus: Veículos novos podem circular sem licenciamento e motoristas com CNH vencida não serão multados

REABERTURA DE UNIDADES

Além disso, continuando o plano de retorno gradual das atividades, o Detran.RJ reabre mais 42 unidades neste mês de setembro. Ao todo, são 12 CIRETRANs (Circunscrição Regional de Trânsito), 15 postos de vistoria e 15 Unidades de Serviço Veicular (USV).

“Com esta ampliação, que só foi possível com a melhoria do quadro de contágio na maior parte do estado, o departamento sobe para 192 postos já em funcionamento, entre serviços de registro de veículos, habilitação e identificação civil”, detalhou o Detran-RJ, em nota.

Confira os endereços:

Neste link, estão disponíveis as unidades de habilitação: http://www.detran.rj.gov.br/_documento.asp?cod=11195

Neste, estão disponíveis as unidades de identificação civil: http://www.detran.rj.gov.br/_documento.asp?cod=11193

Neste, estão disponíveis os postos com serviços de veículos: http://www.detran.rj.gov.br/_documento.asp?cod=11198

CIRETRANs

De acordo com o Detran-RJ, nas Ciretrans é possível tirar dúvidas sobre procedimentos do Departamento, realizar o licenciamento anual (emissão do CRLV), fazer a comunicação de venda de veículos e abrir processos administrativos.

“Nessas unidades também existe um protocolo geral, onde é possível abrir todos os processos administrativos do órgão, sem que o usuário precise se deslocar até o prédio sede, como por exemplo: remarcação e cadastro de motor, remarcação de chassi, isenção e devolução de taxas, transferência de propriedade dos casos onde há necessidade de procedimento específico (como inventário, divergência de dados cadastrais e outros), cancelamento de comunicação de venda, retificação de informações da CNH, solicitação de perícia médica(PCD), solicitação do seguro DPVAT, suspensão de CNH e requerimentos de multa, defesa e recursos.”

As unidades de Nova Friburgo, Volta Redonda e Maricá oferecem ainda serviços especiais de veículos de concessionárias, vedados à circulação, como transferência de propriedade, primeira licença e troca de município.

Os únicos serviços que necessitam de agendamento nas Ciretrans são o licenciamento anual, disponível em todas as unidades que serão reabertas, e os procedimentos para vistoria veicular, como transferência de propriedade, troca de município ou estado e segunda via de CRV (Certificado de Registro de Veículo), disponíveis, por enquanto, somente no posto de Maricá.

O agendamento pode ser realizado pelo site ou pelo teleatendimento (21 3460-4040, 3460-4041 e 3460-4042).

Na última semana, voltaram a realizar atendimento os seguintes postos de atendimento do CIRETRAN: São Gonçalo, Nova Friburgo, Itaperuna, Araruama, Volta Redonda e Duque de Caxias, e no dia 16 de setembro será a vez de Teresópolis, Petrópolis, Nilópolis, Maricá, Campos dos Goytacazes e Rio Bonito.

LICENCIAMENTO

O Detran prorrogou o calendário de licenciamento anual de veículos por causa dos impactos da pandemia. Com a ampliação do prazo, os motoristas do Estado do Rio ganharam mais tempo para retirar o CRLV 2020, seja ele físico, impresso nas unidades do departamento, ou digital, pelo aplicativo. Confira o novo calendário:
– Finais de placa de 0 a 2 – até 30 de setembro de 2020
– Finais de placa de 3 a 6 – até 31 de outubro de 2020
– Finais de placa de 7 a 9 – até 30 de novembro de 2020

VEÍCULOS IRREGULARES

O Detran-RJ também divulgou instruções para a regularização de veículos irregulares, mesmo com a prorrogação do calendário de licenciamento. Confira:
Mesmo com a suspensão de prazos para alguns serviços por tempo indeterminado e com a prorrogação do calendário de licenciamento, o Detran.RJ liberou do agendamento para o licenciamento anual veículos em situação irregular, ou seja, que não possuem o documento 2019 até o momento.

Para emitir o documento, basta o proprietário quitar os débitos de 2020, como a Guia de Recolhimento de Taxas (GRT), no site do banco Bradesco, e o DPVAT, no site da seguradora Líder. Em seguida, se dirigir aos postos de vistoria que realizam atendimento drive-thru (veja a lista no link http://www.detran.rj.gov.br/_documento.asp?cod=11198), nestes casos o procedimento só ocorre com a presença do veículo, ou ir às unidades do Rio Poupa Tempo ou sede, sem necessidade de levar o automóvel.

Vale lembrar que veículos que já estão aptos a realizarem a emissão digital não se enquadram nestes casos e não serão atendidos caso procurem a unidade para a emissão física do documento. Para saber se seu documento 2020 já está disponível em versão digital, basta acessar o link http://www.detran.rj.gov.br/_monta_aplicacoes.asp?cod=16&tipo=crlv e visualizar se no cadastro de seu veículo consta como último licenciamento o ano 2020.

Neste primeiro momento, para evitar aglomerações e para não diminuir a oferta de vagas para outros serviços nas unidades, haverá uma limitação de 20 atendimentos diários por unidade e estarão disponíveis sempre no horário de abertura destes locais.

Jessica Marques para o Diário do Transporte

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:

Comentários

  1. Fernando José disse:

    O problema é que o detran.rj está disponibilizando pouquíssimas vagas (20) e diariamente. A pessoa que não consegue uma das vagas tem que tentar no dia seguinte e assim por diante. Seria mais fácil o detran disponibilizar as datas que têm vagas. O que evitaria a perda de tempo das pessoas que precisam diariamente tentar uma vaga até conseguir e o congestionamento do site e do telefone, uma vez que, aumenta o numero de pessoas acessando o site ou ligando. O Detran precisa informar o percentual de atendimento. Hoje, o detran está atendendo 10% ou 20%… da sua capacidade? Precisa estabelecer um atendimento que minimamente atenda a demanda.

Deixe uma resposta