Trabalhadores da Metropolitana entram no sexto dia de greve na Grande Vitória

Publicado em: 25 de agosto de 2020

Segundo os rodoviários, apenas 30% dos ônibus da Metropolitana circulam hoje. Foto: Divulgação.

Rodoviários reclamam de atrasos no pagamento de salários

ALEXANDRE PELEGI

Os trabalhadores da Viação Metropolitana, que atende linhas do Transcol dos municípios de Vila Velha e Cariacica, no Espírito Santo, se mantêm em greve.

Nesta terça-feira, 25 de agosto de 2020, os rodoviários entram no sexto dia de paralisação.

O protesto acontece por conta de atrasos salariais, e os trabalhadores da viação Metropolitana afirmam que se manterão em greve enquanto os pagamentos não forem regularizados.

O Sindicato dos Rodoviários do Espírito Santo, que representa a categoria, informa que a Metropolitana deve os salários de julho e o adiantamento de agosto.

Segundo os rodoviários, apenas 30% dos ônibus da Metropolitana circulam hoje, quantidade inferior ao que determina liminar do Tribunal Regional do Trabalho do Espírito Santo (TRT-ES).

Expedida no sábado, 22, a liminar definiu que pelo menos 60% da frota deve circular.

A Companhia Estadual de Transportes Coletivos de Passageiros do Estado do Espírito Santo (Ceturb-ES) informou que as linhas prejudicadas pela greve estão sendo remanejadas para outras empresas.

Veja as linhas afetadas:

500 – Terminal de Vila Velha – Terminal de Itacibá
672 – Trevo de Setiba – Terminal de Vila Velha
525 – Terminal de Vila Velha – Terminal de Itacibá
514 – Terminal do Ibes – Terminal de Vila Velha
518 – Terminal de Carapina – Terminal do Ibes
526 – Terminal de Campo Grande – Terminal de Vila Velha

Alexandre Pelegi, jornalista especializado em transportes

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:

Comentários

Deixe uma resposta