Após fiscalização, mais oito linhas de ônibus são retomadas no Rio de Janeiro

Publicado em: 21 de agosto de 2020

Ação em garagens foi realizada na madrugada nesta sexta. Foto: Divulgação.

Ao todo, 75 itinerários que haviam sido suspensos voltaram a circular

JESSICA MARQUES

A Prefeitura do Rio de Janeiro, por meio da Secretaria Municipal de Transportes, realizou novas ações de fiscalização nas garagens de ônibus da cidade na madrugada desta sexta-feira, 21 de agosto de 2020. O resultado foi que outras oito linhas que estavam inoperantes voltaram a atender a população.

Ao longo da semana, outras 75 linhas que estavam inoperantes retornaram às ruas. As ações nas garagens integram as atividades do Comitê Executivo emergencial, criado para atuar com foco nos serviços que deixaram de operar à revelia do poder concedente.

Relembre: Prefeitura do Rio de Janeiro faz nova operação em garagens e outras 34 linhas voltam a circular

Leia também: Após operação da prefeitura, 33 linhas de ônibus voltam a operar no Rio de Janeiro

Leia também: Prefeitura do Rio de Janeiro cria comitê para readequar transporte coletivo

Nesta sexta, quipes da SMTR estiveram nas seguintes garagens, a partir das 3h, durante a madrugada: Alpha, Campo Grande, 3 Amigos, Vila Isabel, Tijuquinha, Pégaso, Palmares, Nossa Senhora das Graças, Verdun, Paranapuan, Ideal e Acari.

As linhas que retomaram a operação nesta sexta são:

134 (Rio Comprido x Largo do Machado)
213 (Muda x Candelária)
222 (Vila Isabel x Praça Mauá)
226 (Grajaú x Carioca)
254 (Madureira x Candelária)
277 (Rocha Miranda x Candelária)
416 (Saens Peña x Jardim Botânico)
635 (Bananal x Saens Peña)

Confira abaixo as outras 67 linhas que voltaram a operar nesta semana:

SE 17 (Campo Grande x Santa Cruz)
TRONCAL 9 – 109 (São Conrado x Central)
010 (Fátima x Central)
311 (Engenho Leal x Candelária)
342 (Jardim América x Castelo)
346 (Madureira x Candelária)
349 (Rocha Miranda x Castelo)
380 (Curicica x Candelária)
384 (Pavuna x Passeio)
385 (Village Pavuna x Passeio)
388 (Santa Cruz x Candelária)
389 (Vila Aliança x Candelária)
392 (Bangu x Candelária)
394 (Vila Kennedy x Tiradentes)
434 (Grajaú x Siqueira Campos)
462 (São Cristóvão x Copacabana)
615 (Pavuna x Del Castilho)
686 (Fazenda da Bica x Madureira)
687 (Pavuna x Méier)
688 (Méier x Pavuna)
693 (Méier x Alvorada)
702 (Praça Seca x Madureira)
709 (Cascadura x Amarelinho)
739 (Sulacap x Bangu)
741 (Barata x Bangu)
743 (Barata x Bangu)
744 (Realengo x Cascadura)
769 (Jardim Violeta x Madureira)
773 (Cascadura x Pavuna)
786 (Campo Grande x Marechal Hermes)
789 (Campo Grande x Cascadura)
813 (Mangaratiba x Santa Cruz)
817 (Terminal Recreio x Vargem Grande)
822 (Corcundinha x Campo Grande)
823 (Vargem Grande x Recreio)
825 (Campo Grande x Jesuítas)
830 (Pedregoso x Campo Grande)
832 (Taquara x Alvorada)
833 (Conjunto Mangaratiba x Campo Grande)
836 (Caboclos x Campo Grande)
837 (Conjunto da Marinha x Campo Grande)
841 (Vilar Carioca x Campo Grande)
842 (Paciência x Campo Grande)
845 (Cantagalo x Campo Grande)
849 (Base Aérea de Santa Cruz x Campo Grande)
850 (Mendanha x Campo Grande)
854 (Campo Grande x Mato Alto)
869 (Santa Margarida x Campo Grande)
871 (Sepetiba x Estação Cesarão)
872 (Sepetiba x Estação Cesarão III)
874 (Marambaia x Estação Ilha de Guaratiba)
882 (Tanque x Alvorada)
886 (Freguesia x Barra da Tijuca)
887 (Pechincha x Barra da Tijuca)
891 (Sepetiba x Mato Alto)
893 (Jardim Palmares x Campo Grande)
895 (Serrinha x Campo Grande)
896 (Pingo D´água x Estação Mato Alto)
901 (Bonsucesso x Bananal)
915 (Bonsucesso x AIRJ)
922 (Tubiacanga x Aeroporto Internacional)
924 (Aeroporto x Bananal)
925 (Aeroporto x Bancários)
935 (Ribeira x Portuguesa)
934 (Ribeira x Portuguesa)
946 (Pavuna x Engenho da Rainha)
963 (Santa Maria x Taquara)

MULTA

Em nota, a Prefeitura ressalta que deixar de operar os serviços conforme o estabelecido é infração gravíssima e tem previsão de multa de R$ 1.486 a cada vez que a irregularidade é constatada.

RECLAMAÇÕES

Nesta semana, o SMTR com VOCÊ completou dois meses, com mais de 170 ações pontuais realizadas a partir das queixas registradas pela população com relação aos serviços dos ônibus. Ao todo, 152 linhas regulares foram denunciadas por suspender ou reduzir a frota, segundo a Prefeitura.

Deste total, de acordo com o balanço, 44% são de responsabilidade do consórcio Santa Cruz. O estado de conservação dos veículos também foi alvo de queixas dos passageiros, com 24 linhas reclamadas.

Além disso, a operação do BRT também recebeu críticas por meio do serviço. Entre os principais problemas citados estão lotação, mau estado de conservação da frota e falta de organização das estações.

O número do WhatsApp para envio de mensagens, com atendimento de segunda a sexta, de 9h às 18h, é o (21) 98909-3717.

MINISTÉRIO PÚBLICO

O MPRJ (Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro), por meio das Promotorias de Justiça de Tutela Coletiva do Consumidor, começou a receber reclamações sobre falta de linhas de ônibus nas ruas. O “sumiço” dos itinerários poderá ser denunciado por meio da plataforma Consumidor Vencedor.

De acordo com o órgão público, o desaparecimento das linhas está sendo objeto de diversas reclamações recebidas por meio da Ouvidoria/MPRJ, alcançando todo o estado do Rio de Janeiro. Diante disso, a iniciativa de divulgar o site Consumidor Vencedor tem como objetivo oferecer à população um meio de contato direto para comunicar essas questões.

Relembre: Ministério Público do Rio de Janeiro apura retirada de linhas de ônibus em todo o estado

Jessica Marques para o Diário do Transporte

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:

Comentários

  1. Waldemar Araujo disse:

    A denominação de uma linha radial é do Centro p/ os Bairros. Ex: 222 Pça.Mauá – Candelária e não ao contrário. Nas auxiliares é do bairro mais perto do Centro p/ o mais longe. Ex:635 Saenz Peña – Bananal e não ao contrário

Deixe uma resposta